Sem categoria

Direto de Império: Riso solto nas gravações!

 Letícia e Paulo: química perfeita
 Os atores estão batendo o maior bolão
 A equipe tem que se concentrar para não cair na gargalhada

 Rogério Gomes ensaia com a dupla dinâmica
                                    Papinha é considerado um dos mais sensíveis diretores da Globo

Fotos: Zé Paulo Cardeal/Globo

Esse cena você vê no capítulo de Império, no ar a partir de hoje (quinta 19). Mas se na tela o clima é de pura comédia, nos bastidores a situação não é diferente. Sob a direção atenta e sensível de Rogério Gomes – o Papinha, Paulo Betti e Letícia Birkheuer, intérpretes do colunista de fofocas Téo Pereira e da repórter “loiraça” Érica, respectivamente, deixaram todos segurando o riso durante as gravações nos estúdios do Projac, na última semana. Entre direção, produção, equipe técnica e jornalistas eram cerca de 20 pessoas apenas, o suficiente para fazer o diretor pedir silencio devido às risadas da turma: “Eles são impagáveis, não dá pra segurar”, disparou uma jornalista presente, enquanto um funcionário da casa segurava a gargalhada para não estragar a concentração nos ensaios da gravação e não levar bronca também… Mas nem uma chamadinha destas deixa a gente mal depois de ver essa dupla em cena. Afinal, trabalho que ainda desopila o fígado com boas risadas não é pra qualquer um.E segundo Letícia, um de seus termômetros é mesmo a equipe e a turma presente: “A gente percebe se está indo numa direção boa, se o caminho está certo, observando a reação das pessoas que trabalham diretamente conosco. São os câmeras, o pessoal da equipe de um modo geral, o nosso primeiro público. É muito bom ver que está dando certo e que todos curtem, inclusive quem está envolvido e que acaba estando mais acostumado com esse tipo de coisa. Quando alguém dispara uma risada (mesmo sabendo que precisa ter silencio), acaba sendo gratificante, porque a gente conclui que a pessoa não conseguiu segurar e que a cena está boa mesmo”. 
O veterano Paulo Betti concorda com a parceira de trabalho e acrescenta que Letícia tem se saído muito bem: “O sucesso do Téo e da Érica tem muito a ver com essa troca bacana que temos um com o outro, da Letícia aceitar e comprar mesmo algumas sugestões que trago para as nossas cenas, dela também trazer ideias ótimas, da direção ser atenta e sensível ao ponto de receber bem nossas observações e tudo mais que sugerimos para os personagens, enfim… Acho que esse clima bom acaba surtindo um ótimo efeito na tela e daí vem o sucesso”.
Mas não para por aí… De acordo com Paulo, apesar de parecer unanimidade, nem todo mundo gosta: “Isso é bom porque desconfio de tudo que é unânime (risos). O fato é que tem gente que adora, mas tem gente que não curte a coisa do desmunhecado do Téo, mas ele é assim mesmo. Desde o início, quando peguei o texto e tinha um ‘qqqqueeeerida’ com muitos “q’s” e “e’s”, saquei na hora que ele ia desmunhecar (risos). O fato é que a maioria das pessoas vem falar com a gente na rua pedindo para imitar, para brincar, mas eu tenho consciência também que o personagem não agrada alguns”, explicou, lembrando que o preconceito ainda é muito forte e que a maioria esquece que é na diversidade e na diferença que está a graça da vida: “As pessoas são diferentes e isso é ótimo, daí a riqueza de experiências, o direito de gostar ou não é de cada um mesmo, mas é importante destacar que independente de qualquer coisa, o respeito é fundamental”. Falou e disse, Betti!
Sucesso pouco é bobagem!
Por Luciana Costa Barretto

2 comentários em “Direto de Império: Riso solto nas gravações!”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s