Sem categoria

Os Experientes passa a limpo a relação entre pai e filho

Em O Primeiro Dia, o terceiro episódio de Os Experientes, Juca e Oliveira e Dan Stulbach dão corpo e alma a uma emocionante relação entre pai e filho. “Como a velhice nos aproxima da morte, muita gente costuma matar os velhos de véspera. Grande besteira, porque o mais importante da vida pode acontecer no fim dela. E ninguém sabe quando ele virá”, as aspas do narrador do episódio dão o tom da história de Napoleão Roberto (Juca). Aos 82 anos de idade, ele morrerá dentro de 12 meses, mais precisamente 12 meses, duas semanas e cinco dias. Napoleão dispensará o hospital para morrer no apartamento onde viveu 58 anos, dos quais 37 com sua esposa Jandira e, desde sempre, ao lado de sua cozinheira Cleusa (Teca Pereira). Seu filho Luiz (Dan), 50 anos, durante o enterro, se lembrará de cada minuto do último dia com o pai, que também terá sido o primeiro que passaram realmente juntos.
Ao descobrir numa consulta com o médico da família, o Dr. Pricolli (Lima Duarte), que tem apenas alguns meses de vida, Napoleão convoca o filho em casa para conversar. Quando Luiz chega, o desconforto entre os dois passa a ser palpável. Eles não são o típico modelo de pai e filho. Na verdade, Luiz nunca entendeu por que os pais não riam quando ele era criança. “Nunca passou pela cabeça de vocês que eu poderia ter sido mais feliz se vocês dois tivessem sido mais felizes”, questiona. Do jeito dele, e como quem esconde alguma coisa e não quer dar muitas explicações, Napoleão responde que ele e Jandira nunca gostaram de quem ria à toa, e encerra a conversa.
Luiz muda de assunto. Quer saber por que o pai o chamou ali, o que tanto tem para lhe dizer. Napoleão mais uma vez desconversa e diz que eles precisam sair: o Dr. Del Bello (Othon Bastos) os aguarda para alterar mais uma vez o testamento. O carro de Napoleão, um Aero-Willys Itamarati impecavelmente conservado, passeia pelas ruas de São Paulo. O modelo, usado na década de 1960 como carro oficial da presidência, é conduzido por Napoleão a 30 km/h, desagradando os outros motoristas, que passam por ele buzinando e xingando. Ele nem se abala. Luiz acha graça.
O dia é longo, mas surpreendentemente agradável. Os dois visitam o advogado, reveem velhos amigos e riem de histórias felizes do passado da família, até então inéditas para Luiz. Pela primeira vez, ele se sente íntimo do seu velho e aproveita para perguntar onde foi que a coisa desandou. A noite cai com uma visita ao cemitério e uma revelação inesperada que irá mudar a opinião de Luiz sobre o pai.
Com direção geral de Fernando Meirelles e Quico Meirelles, Os Experientes vai ao na sexta 24, logo após o Globo Repórter.

Anúncios

Um comentário em “Os Experientes passa a limpo a relação entre pai e filho”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s