Sem categoria

Tarcísio Meira encerra a série Grandes Atores

O episódio com o veterano é imperdível

A série Grande Atores, do Canal Viva, chega ao fim no sábado 18 em grande estilo. O mito Tarcísio Meira encerra as homenagens aos grandes astros e nossa telinha. São mais de 50 anos de carreira e 60 trabalhos em novelas, seriados, minisséries, teleteatros e telefilmes. Tarcísio já interpretou grandes personagens da teledramaturgia brasileira e até da história do país. A decisão de seguir a carreira artística foi logo depois de ter sido reprovado na prova para o Instituto Rio Branco, com o sonho de ser diplomata. Foi então que começou a atuar nas peças Chá e Simpatia (1957) e Quando as Paredes Falam (1957), até ser convidado para dividir o palco com Sérgio Cardoso em Soldado Tanaka. Foi no teatro Tupi que Tarcísio e Glória Menezes se conheceram, quando contracenaram em Uma Pires Camargo (1961). Casaram-se no ano seguinte.

Grande personagens, com ou sem a amada Glória

Em 1963, trocaram a Tupi pela Excelsior, e participaram da primeira novela diária da televisão brasileira, 25499 Ocupado. Cinco anos mais tarde, o ator estreou na TV Globo em Sangue e Areia. Logo depois veio Irmãos Coragem (1970), na qual viveu o mocinho João Coragem. Em 1975, interpretou Antônio Dias em Escalada. Já em 1977, Tarcísio e Glória trabalharam juntos em Espelho Mágico. Mas nem só de galãs é marcada a trajetória de Tarcísio na TV. Minisséries também estão no currículo do ator como Meu Destino é Pecar (1984), O Tempo e o Vento (1985), Grande Sertão: Veredas (1985), Hilda Furacão (1998), A Muralha (2000) e Um Só Coração (2004).
A série Tarcísio & Glória, criada em 1988 por Daniel Filho, Euclydes Marinho e Antonio Calmon, contou também com o casal de atores como produtores e até mesmo Tarcísio na direção de alguns episódios. Da ficção para personagens da vida real, o veterano foi Euclides da Cunha em Desejo (1990). No mesmo ano, fez a novela Araponga. Outras produções da carreira de astro: De Corpo e Alma (1992), Fera Ferida (1993), Pátria Minha (1994), Torre de Babel (1998), a primeira fase de O Rei do Gado (1996), O Beijo do Vampiro (2002), Páginas da Vida (2006), A Favorita (2008), Insensato Coração (2011) e, seu trabalho mais recente, o remake de Saramandaia, em 2013. “Ainda hoje quando eu quero paz, um momento de reflexão, eu vou pra mata. Ouço os passarinhos. E de repente você ouve até o barulho dos insetos. Você se integra à natureza. Você é um bichinho da natureza”, comenta o ator.
O Grandes Atores com Tarcísio Meira vai ao ar  no sábado 18, às 18h30 e tem reprises no domingo 19, às 18h30; e no sábado 25, às 18h. Para gravar e guardar!

Anúncios

2 comentários em “Tarcísio Meira encerra a série Grandes Atores”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s