Sem categoria

É tempo de matar as saudades de Cambalacho, no Viva!

Elenco de primeira numa trama inesquecível

Uma de minhas novelas favoritas, Cambalacho está de volta ao ar amanhã, às 14h30, no bendito Canal Viva. Escrita por Silvio de Abreu, em 1986, a trama traz Fernanda Montenegro e Gianfrancesco Guarnieri na pele de Naná e Gegê, os trambiqueiros mais famosos da teledramaturgia brasileira. Tudo começa quando a magnífica vilã Andréia Souza e Silva (Natália do Vale) planeja um crime perfeito para eliminar seu marido, o milionário Antero Souza e Silva (Mário Lago), e ficar com sua herança. Sua armadilha dá certo e a lancha em que Antero está explode logo no primeiro capítulo. Mas para a fúria de Andréia, o testamento do ricaço remete a fortuna para Leonarda Furtado, a Naná, suposta filha desaparecida de Antero e que vive aplicando cambalachos para sobreviver ao lado de Jerônimo Machado, o Gegê. Para aliviar a culpa que sente por ser trapaceira, Naná leva para sua casa crianças que recolhe nas ruas de São Paulo e a grana que chega causa uma reviravolta na vida dela e de todos ao ser redor. 
Além de tentar destruir Naná, Andréia ainda faz de tudo para acabar com a raça de sua irmã, Amanda (Susana Vieira), e ainda roubar o marido dela, o charmoso Rogério (Cláudio Marzo). Amanda é dona da academia o Physical e, cegamente apaixonada pelo marido, nem imagina que ele é capaz de trai-la com sua própria irmã. Mas a história tem uma nova virada com a chegada de Daniela (Louisie Cardoso), a filha de Naná que morava no exterior e a mãe não via desde pequena. Acompanhados de Daniela chegam Armandinho (Oswaldo Loureiro) e João Pedro (Luiz Fernando Guimarães), dois vigaristas que se fazem passar por nobres franceses. O que Naná não sabe é que Daniela também é uma cambalacheira, que se faz passar por sua filha, de olho em sua herança. 
A produção é lembrada ainda por outros personagens antológicos: Albertina (Regina Casé), uma fã da cantora Tina Turner que sonha se tornar uma estrela da música com o nome de Tina Pepper; Lili Bolero (Consuelo Leandro), mãe de Tina que credita à diva Ângela Maria seu fracasso com cantora; e o casal Ana Machadão (Débora Bloch) e Tiago Souza e Silva (Edson Celulari), ela, uma mecânica masculinizada e, ele, um bailarino sensível. 
Cambalacho será exibida de segunda a sábado, às 14h30, com horário alternativo de terça-feira a domingo, logo após Fera Ferida, que vai ao ar à meia-noite. Imperdível é pouco!
Confira quem é quem nessa trama maravilhosa:
Leonarda Furtado, a Naná (Fernanda Montenegro) – Naná é a trapaceira-mor da história e conta com a cumplicidade de seu compadre, Jerônimo Machado, o Gegê. A trambiqueira é uma pessoa nervosa, afobada, que quer fazer tudo na hora, mas também é muito inteligente, animada e amiga de todos. Vive atrapalhada com as crianças que recolhe nas ruas e cria em sua casa. Precisa dar conta de todo o serviço doméstico e arrumar tempo para seus golpes. Adora ganhar dinheiro, mas vive com pouco, porque sustenta a filha, Daniela, que estuda na Suíça. Tem um gênio muito forte e se mete em brigas sempre que é provocada.
Jerônimo Machado, o Gegê (Gianfrancesco Guarnieri) – Gegê é compadre de Leonarda, a Naná, sua dupla em uma série de tramoias. Assim como ela, vira-se como pode para sobreviver. Gegê é pai de Ana Machadão, cunhado de Lili Bolero e tio de Albertina, mais conhecida como Tina Pepper. O paulista gosta de jogar, é um bom amigo e adora bater papo no bar. Também costuma apostar em corridas de cavalos, ocasião em que geralmente se mete em apuros. Preocupa-se seriamente com a moral e o futuro de sua filha. Não foi feliz no primeiro casamento e, agora viúvo, não suporta a ideia de uma nova união. Apesar disso, está sempre disposto a viver aventuras amorosas, contanto que não passe disso.
Andréia Souza e Silva (Natália do Vale) – Esposa de Antero, irmã de Amanda e Wanderley. É a grande vilã da história. Ambiciosa ao extremo, não tem o menor escrúpulo quando se trata de conseguir o que deseja. É uma mulher que só tem um objetivo na vida: vencer. E, para isso, é capaz de tudo. Não se arrepende do que faz, sempre de caso pensado, e se diverte muito humilhando e espezinhando as pessoas. Casa-se com Antero por puro interesse, já que ele é um milionário bastante idoso, e pretende se livrar dele de qualquer forma. Arma um plano diabólico e fica viúva pouco depois de se casar. Apaixonada pelo cunhado Rogério, não se importa de passar por cima ou mesmo eliminar a irmã, Amanda, por causa disso.
Rogério Figueiredo (Cláudio Marzo) – Marido de Amanda. O advogado é um homem vaidoso e elegante, um típico machão, daquele que acha que, na teoria, homem e mulher são iguais, mas, na prática, sempre procura levar vantagem sobre o sexo oposto. Mas não é um mau-caráter. É um advogado altamente capaz, íntegro, muito inteligente e prestigiado. Adora Amanda, mas não resiste a algumas mulheres. É muito amigo do cunhado Wanderley, em quem confia plenamente. Nas horas de tensão, toca saxofone para clarear as ideias.
Amanda Guerreiro (Susana Vieira) – Esposa de Rogério, irmã de Andréia e de Wanderley e cunhada de Antero e Cecília. É bonita, elegante e plenamente realizada. Profissionalmente, é inteligente, feliz, empreendedora, dedicando-se a administrar o Physical, idealizado por ela. Adora o marido, mas é muito ingênua em relação aos sentimentos dele. Nem imagina que ele é capaz de traí-la. Tem em Cibele seu braço direito dentro do Physical e na cunhada Cecília, uma grande amiga.
Ana Machadão (Débora Bloch) – Única filha de Jerônimo. É uma jovem linda e muito feminina, mas com um jeitão meio grosseiro por conta de sua profissão de mecânica. É uma romântica por excelência e espera realizar seu sonho amoroso, sua única ambição real: casar-se com Athos, a quem ama desde criança, com intensidade e fidelidade. Em seus devaneios, é sempre a grande amada de Athos e, talvez por isso, nunca tenha percebido o amor que Porthos sente por ela, considerando-o apenas um grande amigo, quase irmão. Ana mexe com os sentimentos do jovem bailarino Tiago, apaixonado por ela.
Tiago Souza e Silva (Edson Celulari) – Único filho de Antero, com quem vive em desavença por ter escolhido ser bailarino. Apesar do que pensa seu pai, Tiago nada tem de afeminado. Depois da última briga que tiveram, resolveu se exilar no exterior por um bom tempo e nunca mais aceitou nada que viesse de Antero. Com a morte do pai, volta para o Brasil, procura um trabalho e resolve ficar no país. É apaixonado por Ana Machadão.
Joana Duarte (Joana Fomm) – Amiga de Andréia e prima de Cibele. Mulher ambiciosa e que se casou pensando no nome que ganharia do marido. Mas, em seu último casamento, percebe que aquela vida não tem muito sentido e se apaixona por Athos, passando a patrociná-lo em competições de motocross. Perde o marido e o status, tendo que mudar de vida. É muito amiga de Andréia, mas não concorda com os meios escolhidos por ela para subir na vida. É o seu contraponto. Resolve trabalhar e procurar realização pessoal e, com o fim de seu casamento, passa a morar com a prima Cibele, por não ter para onde ir.
Albertina, a Tina Pepper (Regina Casé) – Mais conhecida como Tina Pepper, é filha de Lili Bolero, sobrinha de Jerônimo e prima de Ana Machadão. Tina sonha ser uma cantora famosa e usa uma peruca para imitar o cabelo de sua musa, Tina Turner. Ela é apaixonada por Aramis, mas ele não a deseja. No decorrer da história, encanta-se por Jean Pierre – João Pedro, na realidade –, e os dois passam a viver um divertido romance.
Wanderley Pereira (Roberto Bonfim) – Irmão de Amanda e Andréia, cunhado de Rogério e Antero e pai de Henrique. Wanderley é secretário e grande amigo de Rogério e foi só depois de ter conseguido um emprego fixo que sua vida e seu casamento, com Cecília, estabilizaram-se. Tem um ótimo entendimento com a mulher, apesar de ela ser muito desconfiada. Está sempre pensando em dar um golpe e é um trambiqueiro muito simpático.
Cecília Pereira (Rosamaria Murtinho) – Mulher de Wanderley e mãe de Henrique. Quando se casou conhecia muito bem o marido que estava escolhendo, mas não se acostuma com o seu jeito. Foi ela também a responsável pela transformação dele, mas continua desconfiando de cada passo que ele dá, sem ter a mínima ideia de que o marido é dos mais fiéis. É grande amiga de Amanda.
Lili Bolero (Consuelo Leandro) – Mãe de Albertina, cunhada de Jerônimo e tia de Ana Machadão. Já viveu muito, já sonhou demais e agora vive de favor na casa do cunhado, sem saber direito por que tudo deu errado na sua vida. Apesar disso, não é uma mulher amarga, conseguindo achar graça na sua desgraça. Tem na cantora Angela Maria a sua maior rival, a quem credita a sua falta de sorte na carreira. Para ganhar uns trocados faz telegramas cantados, enquanto não consegue uma chance como cantora. Adora o cunhado Jerônimo e atrapalha, sempre que possível, o seu relacionamento com Naná. Sabe que o vizinho, Seu Biju, é seu fã, mas o esnoba a todo momento.
Daniela(Louise Cardoso) – Falsa filha de Naná. Uma trambiqueira, cúmplice de João Pedro e Armandinho. Além de tentar dar o golpe na fala mãe, fará de tudo para conquistar Tiago e tirar Ana Machadão do caminho dele.
Jean Pierre (Luiz Fernando Guimarães) – Suposto noivo de Daniela, a falsa filha de Naná). Na verdade, ele se chama João Pedro e está de olho na herança de Naná.
Armandinho da Cruz, o Armand (Oswaldo Loureiro) – Suposto sogro de Daniela. Na verdade, ele se chama Armandinho e está apenas interessado na herança de Naná.
Athos Trancoso (Flávio Galvão) – Irmão de Aramis e de Porthos) e sobrinho de Biju, por quem os três irmãos são criados desde a morte da mãe. Joana Duarte apaixona-se por ele, passando a patrociná-lo em competições de motocross. Ele também arranca suspiros de Ana Machadão, que o ama desde criança.
Porthos Trancoso (Maurício Mattar) – Irmão de Aramis e de Athos e sobrinho de Biju, por quem os três irmãos são criados desde a morte da mãe. Ama Ana Machadão em segredo.
Aramis Trancoso (Paulo Cesar Grande) – Sobrinho de Biju, irmão de Athos e Porthos. É o mais cuca fresca e também o mais vistoso dos irmãos, todos criado pelo tio desde a morte da mãe. Tem paixão por ginástica e vive se exercitando, em toda e qualquer ocasião. Na verdade, está muito mais preocupado em manter o seu físico do que em arrumar namoradas. Trabalha como professor de ginástica no Physical e é amigo da família e dos vizinhos.
Seu Biju (Emiliano Queiroz) – Tio de Athos, Porthos e Aramis. É um santo homem, desses que não tem nenhuma mácula em sua reputação e sempre tenta ajudar os amigos. Trabalha feito um louco para criar os sobrinhos, sob sua responsabilidade depois da morte de sua irmã, e vive chorando pelos cantos por qualquer coisa. Alfaiate há muitos anos, hoje vive apenas de reformas e consertos. É apaixonado por Lili Bolero, mas não sabe como conquistá-la.
Antero Souza e Silva (Mário Lago) – Marido de Andréia, com que se casa já idoso, e pai de Tiago. Gosta de sentir que domina a todos com seu poder e dinheiro. Detesta ser manipulado por Andréia, por quem tem uma atração irresistível. Sabe que ela faz o que quer com ele e não gosta dessa situação. Não admite também que o filho não se dobre e quer deserdá-lo por ele ter escolhido ser bailarino. Por conta disso, acaba expulsando Tiago de casa. Tem fixação por encontrar uma filha desaparecida, a quem não vê há 50 anos. Ela é Naná.
Debbie Day (Christine Nazareth) – Bailarina no mesmo grupo que Tiago. Mora nos Estados Unidos, mas, depois que conhece Rogério, em Roma, decide vir para o Brasil. É romântica e sonha com um príncipe encantado. É muito vaidosa e, apesar de ser míope, não usa óculos. Esconde isso como um segredo de estado, mas vive dando encontrões nas pessoas e paredes, sem, entretanto, perder a pose.
Olívio(Fabio Sabag) – Mordomo de Antenor e Andréia, um homem culto, educado, fiel e impassível. Quase um inglês. Percebe tudo, mas pouco deixa notar. Comanda toda a casa e os empregados e tem um enorme carinho por Tiago, a quem protege mesmo à distância, informando-lhe tudo o que ocorre na casa. Fica muito feliz com a volta do rapaz, a quem viu crescer. Olívio também se passa por um padeiro português.
Henrique Romano (Marcos Frota) – Filho de Cecília e Wanderley Pereira  e grande amigo de Tiago. É muito mimado e não entende a razão de sua mãe ainda tratá-lo como criança. Tem uma paixão: o circo. Escondido, com o dinheiro dado para a faculdade, cursa uma escola de circo, torna-se trapezista e consegue emprego em um espaço circense na periferia. Tiago, quando volta ao Brasil, apoia o amigo na profissão.
Cibele Sampaio (Duse Nacaratti) – Gerente e braço direito de Amanda no Physical. Sempre amável e educada, procura contornar os problemas no trabalho e poupar Amanda de aborrecimentos. É solteira, mas uma romântica incurável, à moda antiga. Estranha ter de dividir seu apartamento com sua prima Joana, convivência que traz algumas confusões engraçadas.
Daniela (Cristina Pereira) – Verdadeira filha de Naná. Aparece apenas no último capítulo

Julinha(Andréa Avancini) – Filha de criação mais velha de Naná. É uma adolescente tímida e muito amiga de Ana Machadão, ao lado de quem cresceu.
Bepa (Gabriela Bicalho), Chiquito (Fernando Vannucci), Miltinho (Kiko Olivetti), Maneco (João Rebello), Nena (Cristiane Lopes) e Beto (Daniel Marques) – Crianças recolhidas da rua por Naná.
Anúncios

2 comentários em “É tempo de matar as saudades de Cambalacho, no Viva!”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s