More

    “Passei duas noites na cadeia”


    Cauã Reymond. Reprodução/ Instagram

    Antes de se tornar um astro das telinhas, Cauã Reymond passou por algumas dificuldades. O ator participou do podcast Podpah, comandado por Mítico e Igão, da última terça-feira, 31/05, e revelou que sofreu com a falta de dinheiro e por conta disso já chegou a roubar para ter o que comer.

    “Trabalhava pra c******, ganhava 20 dólares só. Tinha que escolher o que eu ia comer. Passei duas noites na cadeia com um amigo por causa de uma caixa de barra de proteína. Meu amigo entrou numa de roubar uma caixa de proteína porque a gente não tinha muita comida”, explicou.

    Na época, ele morava e estudava nos Estados Unidos, onde dava aulas de jiu-jitsu à noite para ter como se manter no país. No entanto, mesmo assim passou por alguns perrengues. “Eu falei ‘não faz isso’. Ele dormiu três noites na cadeia. A gente pagou 100 dólares de fiança. Foi antes do 11 de setembro. Foi em 2000, então não deu nada”, relembrou.

    Aliás, no bate-papo, o ator falou como os brasileiros são vistos pelos americanos, apontando até uma exclusão vindo de outros latino-americanos, por não ter o espanhol como língua nativa.

    “Quando você é brasileiro é bem estranho. Você não é latino porque não fala espanhol, mas também não é americano. Eu namorei uma menina que era irlandesa, ela me dizia que se fosse me apresentar pro pai dela, eu seria preto. Mas nos EUA eu também não era branco”, finalizou.

    Últimas