TV

Hoje é dia do especial do Rei, bebê!

Roberto Carlos e Alejandro SanzRoberto com o astro latino, Alejandro Sanz

Programa tradicional e esperadíssimo todo fim de ano, o especial do Rei, desta vez intitulado Roberto Carlos: Muito Romântico, vai ao ar daqui a pouco. E o cantor não esconde sua empolgação com o show. “Que prazer rever vocês aqui novamente. Muito obrigado por todo carinho e por todo amor, que me alimentam profundamente. Falar de amor é o meu negócio mesmo”, discursou o ídolo na abertura do show. Entre sucessos como Detalhes, Se Você Pensa, Ilegal Imoral ou Engorda, Proposta, e Como Dois e Dois, Roberto relembrou momentos marcantes em uma noite emocionante e divertida, em que a leveza e saudosismo marcaram as apresentações. “Ter vocês aqui nessa plateia e também em casa, é um privilégio enorme! Esse amor de qual eu canto é o que nos mantém vivos, com certeza! Muito obrigado por estarem aqui comigo hoje”, disse, emocionado.

Roberto Carlos e Marina Ruy Barbosa

Para apresentar ao público um pouco de seu extenso repertório, o cantor recebeu os cantores Alejandro Sanz, Michel Teló, Zizi Possi, a banda ‘RC na veia e a atriz Marina Ruy Barbosa. “Eu sempre sonhei com esse momento, mas nunca imaginei que isso fosse acontecer um dia. Me sinto grata, foi inesquecível. Tenho 23 anos e já consegui realizar tantos sonhos, tantas coisas boas, estou muito feliz e agradecida!”, celebrou Marina. Vai ser uma noite inesquecível. Vamos conferir!

Anúncios
TV

Michel Teló é tetra!!! Léo Pain vence a sétima edição do The Voice Brasil

 

The Voice Brasil Léo Pain e Michel Teló.jpeg

E a sétima edição do The Voice Brasil terminou consagrando Michel Teló como tetracampeão do programa, pela primeira vez com um candidato sertanejo: o gaúcho Léo Pain, de 34 anos. Com 50,01% dos votos do público, ele superou Kevin Ndjana (do time Ivete Sangalo), Isa Guerra (do time Lulu Santos) e Érica Natuza (do time Carlinhos Brown). Desde o início do reality musical da Globo que Léo Pain se destacou, sempre sendo salvo pelo público e chegou na finalíssima com pinta de favorito.

The Voice Brasil Ivete e Kevin

Érica Natuza abriu a noite cantando o clássico Anunciação, de Alceu Valença. E fez um belo número. Estava belíssima. Em seguida, foi a vez de Isa Guerra, que surpreendeu por não escolher uma música sertaneja. Ela optou por My Life is Going On, de Cecilia Krull. Já Kevin Ndjana provou mais uma vez o incrível showman que ele é ao arrasar com I Got You (I Feel Good), hino de James Brown. Levantou a plateia e recebeu gritos de “É campeão! É campeão! É campeão! “Será? Será?”, provocou Tiago Leiffert.

The Voice Brasil Isa e Lulu

Aí chegou a vez de Léo Pain, que homenageou Daniel ex-técnico do The Voice Brasil, com Adoro Amar Você, arrepiando o público com seu vozeirão. A partir daí a votação foi aberta para o público e a brincadeira começou de verdade!

WhatsApp Image 2018-09-28 at 00.51.14 (1)

A bande niteroiense Melim – revelada no SuperStar – foi a primeira convidada da noite e interpretou Um Sinal, que os meninos gravaram com a musa Ivete Sangalo. Muito lindo! Num ritmo bem acelerado, começou a segunda rodada com os candidatos.

The Voice Brasil Érica e Brown

Apesar de Brown elogiar  que Érica Natuza havia decidido parar de cantar música internacional para se dedicar aos sucessos nacionais. Só que ela surgiu justamente entoar How Deep Is Your Love, dos Bee Gees.

WhatsApp Image 2018-09-28 at 00.51.41 (1)

Michel Teló entrou logo em seguida com sua alegria de sempre, fazendo um medley de canções de seus colegas técnicos: A Brasileira, Festa, A Namorada e Tempos Modernos. E levantou a galera.

WhatsApp Image 2018-09-28 at 01.03.19

Teló foi substituído por Isa Guerra, que teve a coragem de cantar uma (boa) música autoral e deu show. Lulu entrou em cena com Hoje em Dia, a música que fez sobre seu relacionamento amoroso com Clebson Teixeira e a canção é ótima, gente!

WhatsApp Image 2018-09-28 at 00.52.22 (1)

Kevin voltou à ribalta e surpreendeu quem esperava que ele cantasse outro hit internacional. Ele mostrou sua versatilidade com Ainda Bem, pagode romântico que Thiaguinho fez para a amada Fernanda Souza. Na sequência, o cantor de hip hop Rael dividiu a cena com Carlinhos Brown com o reggae Toda Paz. Ao som de Outra Vez, do rei Roberto Carlos, Léo arrepiou até o mais insensível dos seres humanos. Uma apresentação linda demais!

WhatsApp Image 2018-09-28 at 00.53.20

Um vídeo sobre a amizade do quarteto de técnicos e uma apresentação de nove vozes que já passara pelo programa (cantando This is Me, tema do filme O Rei do Show, indicada ao Oscar 2018) encerrou a noite com o astral lá no alto. Finalmente reverenciado como o campeão do programa, Léo Pain, além do título de A Voz do Brasil, ganhou meio milhão de reais, um carro, um contrato com a universal e gerencialmente de carreira. Sucesso pra ele e para todos os participantes.

WhatsApp Image 2018-09-28 at 00.53.34

TV

Quem será o vencedor do The Voice Brasil 7: Léo Pain, Isa Guerra, Érica Natuza ou Kevin Ndjana?

The Voice Brasil

Uma das melhores temporadas do The Voice Brasil, possivelmente A Melhor, a sétima edição do reality musical da Globo chega ao fim hoje à noite. Com a eliminação de três mais fortes candidatos, Priscila Tosssan (do Time Lulu Santos), Laís Yasmin (do Time Michel Telo) e Edson Carlos (do Time Ivete Sangalo), a final promete ser mais do que emocionante. Teló tem o candidato favorito, Léo Pain, que pode lhe dar o quarto título, o primeiro do segmento sertanejo. Ivete também tem um participante incrível, Kevin Ndjana, que teve a maior evolução durante o programa. Lulu e Carlinhos Brown chegam com as duas meninas do grupo, as talentosas Isa Guerra e Érica Natuza. Ou seja: vai ser briga de cachorro grande e quem decide o vencedor é o público. No episódio final, a cantora Iza, o rapper Rael e a Banda Melim se apresentarão em números que contarão com ex-voices que passaram pelo programa.

Com a palavra os finalistas do The Voice Brasil!

Erica Natuza

The Voice Brasil
“Com o The Voice, eu venci várias barreiras comigo mesma, desde as coisas mais banais, como a timidez, até a dificuldade que eu tinha em falar sobre mim mesma, por exemplo. Eu aprendi a ter mais tranquilidade para fazer isso e confiar que eu só preciso ser eu mesma que vai estar tudo bem, só preciso me vencer em primeiro lugar. Isso para mim foi o ouro.”

 

Isa Guerra

The Voice Brasil

“Mudou muita coisa na minha vida após o The Voice Brasil. Além de eu ter evoluído muito nas redes sociais, crescido profissionalmente em questão de público, eu melhorei também a minha apresentação, performance. Querendo ou não a gente fica nervosa. A gente sabe que tem poucos minutos para mostrar o nosso melhor. Então, eu aprendi a fazer as coisas no nervosismo, lidando com a ansiedade. Eu estou aprendendo muita coisa: o programa me agregou demais em questão de visibilidade e como pessoa também. Depois de subir ao palco do The Voice eu faço qualquer coisa.”

Kevin Ndjana

The Voice Brasil

“A minha vida mud muito após o programa. Antes ninguém me conhecia, só o pessoal da minha cidade (João Pessoa), minha família e meus amigos. Isso foi muito bom para mim, para a banda de que faço parte. Todo mundo está seguindo, o que deu uma abertura para a gente lançar nossos trabalhos e saber que o pessoal vai aceitar!”

Léo Pain

The Voice Brasil

“Eu tenho o The Voice Brasil como um divisor de águas na minha carreira para conseguir mostrar o meu trabalho além das fronteiras do meu estado. Acho que existe um antes e um depois em relação ao programa, por mais que eu tenha 18 anos de carreira e faça um trabalho no Rio Grande do Sul há bastante tempo. O The Voice Brasil veio para mostrar o meu modo de cantar para o resto do país e até para fora do país, porque a gente tem recebido tanta mensagem – tanto eu quanto todos os participantes – de carinho, de apoio, de respeito e de reconhecimento ao nosso trabalho!”

 

Fofos de divulgação: Globo/Paulo Belote