Cinema/séries, Sem categoria, Testes

Muita emoção e surpresa no Globo de Ouro 2019. Veja quem venceu!

Vencedores do Globo de Ouro.jpgBohemian Rhapsody, Green Book – O Guia, Roma e Homem-Aranha no Aranhaverso foram eleitos os melhores filmes em suas categorias

Num ano atípico, sem grandes favoritos em nenhuma categoria, a entrega da 76ª edição dos prêmios Globo de Ouro primou pela emoção. Transmitido pelo Canal TNT, a cerimônia teve os atores Sandra Oh e Andy Samberg como mestres de cerimônia e consagrou Bohemian Rhapsody, biografia do grupo Queen, como Melhor Filme Dramático de 2018. Seu protagonista Rami Malek também foi eleito o Melhor Ator Dramático pela sua impressionante interpretação de Freddie Mercury. Já Green Book – O Guia foi a produção mais premiada da noite com três troféus: Melhor Filme Comédia/Musical, Melhor Ator Coadjuvante (Mahershala Ali) e Melhor Roteiro. Roma ficou com o título de Melhor Filme Estrangeiro e Alfonso Cuarón o Melhor Diretor. Surpresa por ter vencido como Melhor Atriz Dramática, Glenn Close (A Esposa) não escondeu sua emoção e fez no discurso mais emocionante da noite. Foi aplaudida e pé. Nas categorias destinadas à televisão, O Método Kominsky ficou com os prêmios de Melhor Série e Ator (Michael Douglas) de Comédia e O Assassinato de Gianni Versace ganhou com o Melhor Ator (Darren Criss) e Série Limitada ou Telefilme. Foi impossível não se emocionar também com Lady Gaga sendo laureada na categoria Melhor Canção (para a linda Shallow, de Nasce Uma Estrela) e para os prêmios homenagens: o tradicional Cecil B. DeMille para Jeff Bridges e o novo Prêmio Carol Burnett (pela carreira na TV) entregue à própria Carol Burnett, um mito da telinha americana. Confira a lista completa dos vencedores.

CINEMA

whatsapp image 2019-01-07 at 01.54.32 (1)Jeff Bridges

Melhor Drama: Bohemian Rhapsody
Melhor Comédia ou Musical: Green Book – O Guia
Melhor Animação: Homem-Aranha no Aranhaverso
Melhor Filme Estrangeiro: Roma (México)
Melhor Ator – Drama: Rami Malek (Bohemian Rhapsody)
Melhor Ator – Comédia ou Musical: Christian Bale (Vice)
Melhor Ator Coadjuvante: Mahershala Ali (Green Book – O Guia)
Melhor Atriz – Drama: Glenn Close (A Esposa)
Melhor Atriz – Comédia ou Musical: Olivia Colman (A Favorita)
Melhor Atriz Coadjuvante: Regina King (Se a Rua Beale Falasse)
Melhor Canção Original: Shallow, de Nasce uma Estrela
Melhor Trilha Original: Justin Hurwitz (O Primeiro Homem)
Melhor Roteiro: Green Book – O Guia
Melhor Diretor: Alfonso Cuarón (Roma)

 

TELEVISÃO

whatsapp-image-2019-01-07-at-01.54.29-1.jpegRichard Madden

Melhor Série Drama: The Americans
Melhor Série de Comédia: O Método Kominsky
Melhor Série Limitada ou Telefilme: O Assassinato de Gianni Versace: American
Crime Story
Melhor Ator de Série Drama: Richard Madden (Segurança em Jogo)
Melhor Ator em Série Limitada ou Telefilme: Darren Criss (O Assassinato de Gianni Versace: American Crime Story)
Melhor Ator em Série de Comédia ou Musical: Michael Douglas (The Kominsky Method)
Melhor Atriz em Série Drama: Sandra Oh (Killing Eve)
Melhor Atriz em Série Limitada: Patricia Arquette (Escape at Dannemora)
Melhor Atriz em Série de Comédia: Rachel Brosnahan (The Marvelous Mrs. Maisel)
Melhor Ator Coadjuvante: Ben Whishaw (A Very English Scandal)
Melhor Atriz Coadjuvante: Patricia Clarkson (Sharp Objects)

whatsapp image 2019-01-07 at 02.34.10Rami Malek

whatsapp image 2019-01-07 at 02.34.09Glenn Close

whatsapp image 2019-01-07 at 01.54.32Alfonso Cuarón

whatsapp image 2019-01-07 at 01.54.29Lady Gaga

whatsapp image 2019-01-07 at 01.54.30 (1)Michael Douglas

whatsapp image 2019-01-07 at 01.54.30Mahershala Ali

Cinema/séries

Curti!: Série da Netflix, Segurança em Jogo, com Richard Madden, o Robb Stark de Game of Thrones

 

Segurança em Jogo Bodyguard 2Assisti hoje, na Netflix, ao primeiro episódio da série inglesa Segurança em Jogo (Bodyguard) e é simplesmente sensacional. Richard Madden (o Rob Star, de Game of Thrones e possivelmente o próximo James Bond) vive David Budd, veterano de guerra que agora trabalha como especialista em proteção da Polícia Metropolitana de Londres. Após impedir que uma mulher-bomba destrua o trem onde ele está com seus filhos, David é designado para proteger a ambiciosa e poderosa Secretária de Estado, Julia Montague (Keeley Hawes), cuja política representa tudo o que ele mais despreza. David, então, vive na corda bamba entre seu dever e suas crenças, além de suas dores pessoais que tenta resolver para conseguir recuperar o amor e a confiança da ex-mulher, Vick (Sophie Rundle).

Segurança em Jogo Bodyguard 3

 

Madden consegue equilibrar com maestria a frieza que tanto precisa para seu trabalho com os traumas adquiridos na Guerra do Afeganistão. É uma versão masculina da Carrie Mathison (Claire Danes), de Homeland: brilhante no seu ofício, mas instável emocionalmente. As cenas em que David impede que Nadia (Anjli Mohindra) acione a bomba que carrega e também que ela seja vítima de uma airadora de elite da polícia acabam com os nervos de qualquer um. É impossível tirar os olhos da telinha. Segurança em Jogo se tornou o seriado com maior audiência na Inglaterra desde o icônico Downton Abbey (2010/2015). É bom demais! Vale conferir!