Resumo dos capítulos

Malhação: Toda Forma de Amar – Resumo dos capítulos de 25 a 29/11/2019

MALHAÇÃO LaraNo capítulo da sexta 29/11, Lara manda Leila afastar Filipe de Rita

Capítulo 160 – Segunda 25/11
Rita diz que não pode faltar ao show de Raíssa, e Filipe afirma que não acompanhará a namorada ao bar de Rui. Raíssa e Camelo se beijam, e a menina anuncia a Carla e Thiago que não viajará para os Estados Unidos. Lígia conversa com Filipe sobre Rita. Marco incentiva Anjinha a lutar por Cléber. César reclama por Jaqueline deixar de estudar para ir à festa com Milena. Camelo confronta Nanda. Rui insinua que Rita está se aproveitando de Filipe. Anjinha pede ajuda a Thiago. Eliane orienta Regina. Thiago aconselha Anjinha a se desculpar com Cléber. Cléber confessa que está magoado com Anjinha. Filipe chega ao bar de Rui, seguido por Leila.

Capítulo 161 – Terça 26/11
Filipe explica a Rita que não sabia que encontraria Leila. Rita afirma a Filipe que Leila é sonsa. Anjinha desabafa com os amigos sobre o comportamento de Cléber. Leila provoca Rita. Regina pede que Meg convença Max a aceitar Guga. Rita e Filipe discutem por causa de Leila. Tatoo faz uma confusão e acaba interferindo na relação de Cléber e Anjinha. Rui e Filipe se enfrentam. Meg aceita dormir na casa de Regina e tentar se aproximar de Max. Filipe deixa o bar de Rui, e Leila o segue. Max desabafa com Meg. Tatoo comenta com Camelo e Raíssa que Cléber pode estar agredindo Anjinha. Marco e Carla se preocupam com o sofrimento de Anjinha e Cléber. Rui pede que Rita não desista de ficar com a guarda de Nina.

Capítulo 162 – Quarta 27/11
Madureira aconselha Rui a esquecer Rita. Max afirma a Regina que não aceitará Guga como ele é. Guga confronta Meg. Nanda diz a Rui que está apaixonada por ele. Rui declara a Nanda seu amor por Rita. Tatoo conta para Marco a suposta agressão de Cléber contra Anjinha. Rita e Jaqueline questionam Anjinha sobre Cléber. Thiago revela a Cléber que Tatoo espalhou a notícia de que ele agrediu Anjinha. Guga sofre com o abandono de Max. Filipe e Rita lamentam a discussão que tiveram. Lara conta a Lígia e Joaquim sobre o beijo de Rui em Rita. Marco pede para conversar com Cléber. Rui garante que ele e Rita criarão Nina juntos.

Capítulo 163 – Quinta 28/11
Rui é firme com Rita, que sente medo dele. Marco ameaça Cléber, mas Anjinha defende o amado e desfaz a confusão. Leila descarta o celular de Filipe, sem que ele perceba. Rita sofre por Filipe não atender a sua ligação. Lara exige que Leila investigue Rui. Max propõe a Meg criar Rafael com Regina. Thiago comenta com Marco que acredita que Tatoo esteja apaixonado por Anjinha. Jaqueline discute com César durante os estudos. Anjinha pede que Marco a ajude a se reaproximar de Cléber. Max decide visitar Guga na casa de Margarida. Cléber vai à casa de Anjinha, mas os dois acabam se desencontrando. Max e Margarida discutem. Rui afirma a Lígia que ele e Rita são um casal. Filipe e Rita se beijam. Sem querer, Guga provoca um acidente com Max.

Capítulo 164 – Sexta 29/11
Max se machuca, e Guga se sente culpado. Filipe e Rita fazem as pazes. Joaquim e Lara falam mal de Rita, e Lígia contemporiza. Tatoo confessa que se apaixonou por Anjinha, e Cléber desfaz sua amizade com o rapaz. Nanda beija Cléber, e Anjinha vê. Marco anuncia a Peixoto que conseguiu ser transferido para a área administrativa da polícia. Anjinha e Cléber discutem. Nanda lamenta suas atitudes impulsivas, e Raíssa apoia a amiga. Lara provoca Rita. Nanda incentiva Cléber a fazer as pazes com Anjinha. Marco surpreende Carla e a pede em casamento. Guga sofre por causa de Max, e Serginho e Meg o apoiam. Meg comenta com Filipe que pensa em voltar para a casa de sua família. Lara pede que Leila separe Rita de Filipe. Rita conversa com Rui e seu advogado.

Resumo dos capítulos

Carrossel – Resumo dos capítulos de 04 a 08/03/2019

carrossel helena e rene casamentoNo capitulo da sexta 08/03, as crianças ajudam Renê
a preparar o casamento surpresa para ele e Helena

Capítulo 148 – Segunda 04/03
Os garotos acham as meninas muito chatas. Marcelina escuta e não concorda com os amigos. Alícia conversa com o dono da sorveteria que costumam frequentar, mas o homem diz que não conhece a antiga sorveteria. As meninas se desanimam e pensam que não conseguirão mais pistas. Valéria continua lendo o diário. As meninas descobrem que Lola (Mharessa Fernanda) recebeu uma carta de seu pai com a notícia de que estava tudo bem e que eles estavam ganhando a guerra. Firmino encontra com as garotas e diz que está sentindo falta de todos os alunos. As meninas o convidam para conversar e tomar um chá. Na casa do porteiro, Laura deixa escapar sobre a história de Lola. As amigas contam a Firmino sobre o diário que acharam e mostram o objeto e o cartão da sorveteria ao porteiro. Firmino, ao olhar o cartão, diz que conhecia essa sorveteria e que foi lá quando era mais jovem. Valéria, Alícia e Maria Joaquina vão à casa de Jaime e pedem ajuda ao amigo. As garotas contam ao garoto que a mecânica de seu pai era uma sorveteria no passado. Rafael confirma a história e diz que o antigo dono do imóvel deixou um baú cheio de coisas guardadas. As amigas ficam felizes e pedem para ver o objeto, assim poderão procurar pistas no baú. Alícia encontra uma caixa que tem cravado na madeira o nome de Lola. Maria Joaquina abre o objeto e encontra um kipá e desconfiam que a garota fosse judia. Dentro da caixa as meninas também encontram uma foto e uma carta que diz: “Sr. Antônio da sorveteira, confio muito no senhor como amigo, por isso peço que esconda essa caixinha num lugar bem seguro. São coisas importantes de uma família que está hospedada na minha casa. Eles chegaram da Europa e estão muito assustados, lá estão acontecendo coisas terríveis. Eles não querem que ninguém saiba que estão aqui e muito menos que são judeus. Por favor, me ajude a guardar este segredo e as lembranças desta família. Assinado, Lola”. Valéria conta para as amigas que um dia Davi lhe contou que nesta época os judeus foram muito perseguidos. As garotas decidem voltar à casa abandonada para procurar mais pistas. Elas abrem a passagem secreta e descobrem debaixo de uma cama um desenho com o nome da família que ficou abrigada na casa de Lola. Maria Joaquina quer achar mais respostas e volta a ler o diário. Certo dia Lola escreveu que um soldado havia aparecido em sua casa com a notícia de que seu pai estava muito ferido e que logo seria enviado de volta. As garotas conversam e ficam chateadas por Lola. De repente, Paulo chega na casa abandonada e pergunta o que elas estão fazendo ali. As garotas dizem que estão em um encontro de meninas. O encrenqueiro avisa que ficará de olho e vai embora.

Capítulo 149 – Terça 05/03
No dia seguinte, Valéria fica tentando decifrar as páginas do diário e descobre que Lola estudou em um colégio chamado Nossa Senhora das Dores. A garota foi correndo contar a novidade para Laura, Alícia e Maria Joaquina. Paulo e Jaime vão à casa de Davi e forçam o garoto a contar o que as meninas foram fazer lá. Mas o namorado de Valéria diz que elas não revelaram o assunto.  As meninas decidem descobrir onde fica o colégio que Lola estudou e Valéria lembra que Helena teve uma bisavó que foi professora e que pode ajudar. As amigas vão à casa de Helena e contam toda a história. Paulo e Jaime descobrem onde as meninas estão e tentam espioná-las. Helena fica surpresa com a descoberta de suas alunas, diz que aquele diário é algo muito valioso e mostra o caderno para Cristina (Cris Bonna). Valéria conta a Helena e Cristina sobre o nome do colégio onde Lola estudou. Cristina fica surpresa ao escutar o nome da escola e revela as meninas que Lola foi aluna de sua avó.  A mãe da professora Helena mostra à foto da garota as meninas. Cristina lembra que Lola tinha uma história muito triste, mas que não sabe o que aconteceu com ela e sua família. Lola termina a carta dizendo que seu pai havia voltado da guerra bem e feliz. As meninas ficam felizes pelo final que teve a história de Lola. Após conhecerem a história de Lola, as garotas voltam para suas casas felizes por terem uma família e reconhecem o quanto seus pais são valiosos. No dia seguinte, todas as crianças se reúnem na casa abandonada. As meninas contam a história de Lola para os garotos. Helena convida o seus alunos para uma visita em sua casa e diz que prepara uma surpresa. As crianças chegam ansiosas na casa da professora. A caminho da casa de Helena, Firmino e Graça encontram Renê. O professor diz que precisa resolver alguns problemas e que aparecerá mais tarde na casa da namorada. Helena revela aos alunos que fez um anuário para a turma do terceiro ano. As crianças ficam felizes ao ver as fotos e adoram a surpresa. Firmino, Graça, os alunos e Helena relembram diversos momentos que passaram juntos. Todos elogiam o amor de Helena e Renê. A professora fica tímida. Renê chega à casa de Helena com um buquê de flores, as crianças se animam e pedem um beijo entre os professores. Olívia chama Firmino e Graça na diretoria para uma conversa. Os funcionários ficam com receio do que a diretora irá falar. Paulo não admite estar apaixonado, mas Kokimoto garante que o sintoma é de paixão. O encrenqueiro diz não saber por quem está apaixonado e o samurai tem a ideia de fazer um teste técnico.

Capítulo 150 – Quarta 06/03
Na casa abandona, Paulo e Kokimoto conversam. No mesmo momento chegam às amigas Alícia, Bibi e Carmen. Alícia é grossa com Paulo, que não revida a ofensa. Jaime espiona Olívia e vê uma velhinha e um rapaz vestido de branco saírem da casa da diretora. Olívia leva a senhora para passear. Paulo concorda com Marcelina e acredita que não tenha sido enfeitiçado. O garoto admite estar apaixonado. Kokimoto fala ao amigo que ele foi mordido pelo bichinho do amor, mas que existe um jeito infalível de afastar as mulheres. Olívia leva sua mãe, Amélia (Amélia Bittencourt), para passear no parque. A senhora briga com a diretora no meio da rua e não se lembra de que Olívia é sua filha. Jaime observa a cena e acredita que a velhinha seja uma aluna em suspensão que Olívia prendeu em sua casa. Jaime vai até a casa da Maria Joaquina para contar o que descobriu. A patricinha se irrita, pois Jaime não entende o que está acontecendo. Maria Joaquina explica ao amigo que a velhinha pode ser a mãe de Olívia, que está com Alzheimer. Kokimoto cola pelos no corpo de Paulo e diz que as mulheres odeiam homens com muitos pelos. O samurai ainda pede ao amigo fazer 50 polichinelos para ficar bem suado. Kokimoto também serve para Paulo um prato com cebolas, alhos, feijão e repolho. Jaime vai à escola com Maria Joaquina e conta para Firmino e Graça o que descobriu sobre Olívia. O porteiro fica preocupado com a situação e a faxineira fica chateada por ter xingado Olívia algumas vezes. Maria Joaquina diz que eles precisam pensar em uma forma de ajudar a diretora. Na sorveteria, Bibi, Alícia e Carmen conversam e tomam sorvete, quando sentem um cheiro ruim no ar. Paulo entra no local e pergunta a Alícia o que ela acha dele. A garota diz que no estado que ele está, o acha fedido. O encrenqueiro e Kokimoto comemoram o fato de Alícia não gostar de Paulo. No mesmo momento o garoto fica triste, pois ele sente que ainda gosta da amiga. Em sua casa, Paulo sonha com Alícia e acorda irritado por não pensar em outra coisa. Kokimoto chega à casa do amigo e diz que ele precisa tirar esse sentimento do coração. Jaime e Maria Joaquina vão até a casa de Helena e contam o que descobriram sobre Olívia e sua mãe, a professora fica preocupada. A patricinha diz que quer ajudar Olívia. Helena revela que sabe exatamente o que fazer. Graça e Firmino se preparam para um passeio. Paulo quer colocar um ponto final em sua paixão e decide conversar com Alícia. Kokimoto tenta impedir o amigo, mas não consegue. Na casa abandonada, Bibi e Alícia conversam e Paulo chega e pede para falar com Alícia, mas acabado dizendo que não gosta da amiga. A garota fica sem entender, mas Paulo fica feliz em conseguir dizer isso. Davi espiona Olívia. A diretora sai para mais um dia de passeio com dona Amélia. O garoto avisa Valéria que Olívia saiu de casa. Na praça, todos se reúnem para um piquenique e esperam a diretora e sua mãe para a grande surpresa. Ao chegar no local, Olívia se espanta e estranha ao ver todos os alunos e funcionários da Escola Mundial. Helena conta para Olívia o que descobriram. As crianças dizem para a diretora que ela pode contar com cada um deles e que todos são seus amigos. Olívia se emociona com a demonstração de carinho e agradece a todos pelo momento.

Capítulo 151 – Quinta 07/03
Todos aproveitam o piquenique e brindam. Dona Amélia chama de netos os alunos de Helena. A diretora elogia a professora pelo comportamento das crianças e diz que só ela consegue acalmá-los. Olívia marca uma reunião com Helena na escola, para o dia seguinte. Amélia pede um copo de água, Helena se vira para pedir a Renê, mas não encontro o namorado. Ao ir procurá-lo, a professora escuta uma conversa do professor, que termina a ligação dizendo querida. Ao perguntar quem era, Renê diz a Helena que era um amigo. A professora desconfia da atitude do professor. Rosa tem a ideia de combinar com todas as mães dos alunos para fazerem uma cesta de doces para dar para Olívia. Valéria adora a ideia. No dia seguinte, Clara conversa com Maria Joaquina sobre a iniciativa que a mãe de Valéria teve. A mãe da patricinha fala à filha que as duas meninas entregaram a cesta juntas. Valéria e Maria Joaquina não gostam da ideia. Cristina percebe que Helena está estranha e pergunta o que aconteceu. A filha diz sobre o telefonema que Renê recebeu e sua mãe a tranquiliza. Olívia chega à escola animada, feliz e com uma nova roupa toda colorida. Ao falar com Graça e Firmino, a diretora é gentil e seus funcionários se espantam com tanta delicadeza. O porteiro vai à diretoria e Olívia agradece a dedicação de Firmino por todos os anos de trabalho e pede desculpas por, às vezes, ter sido tão dura. O funcionário fica feliz e agradecido ao ouvir todos os elogios. Helena fica triste com Renê por ele ter desmarcado o encontro que teriam. Ao olhar pela janela, a professora se surpreende. Cirilo e Davi encontram Renê na praça e o convidam para jogar bola. O professor diz para os meninos que terá um compromisso e que eles podem ajudá-lo. Helena recebe em sua casa diversos vasos de flores e Cristina fica surpresa. Renê envia uma carta que diz: “Helena, te mandei todas essas margaridas caso você tenha alguma dúvida do meu amor. Faça mal me quer e bem me quer com todas as pétalas, a última será bem me quer. Mas eu gosto de você e não quero torturá-la com essa chatice, além do que eu tenho certeza que você iria se perder na ordem. Então, encontre comigo às quatro horas, na estação do trem. Eu vou tirar sua dúvida de uma vez por todas”. Helena diz à mãe que uma vez comentou com Renê sobre sua vontade de andar no trem Maria Fumaça. Cristina desconfia que o namorado de sua filha vá fazer uma surpresa muito especial. Renê vai à casa de Firmino. O porteiro conta sobre os elogios que Olívia fez para ele. O professor conta a Firmino que fará uma viagem de trem com Helena e que precisa da ajuda do amigo para a surpresa. Firmino se dispõe a ajudá-lo. Ansiosa, Valéria espera Maria Joaquina para irem juntar entregar a cesta para Olívia. A patricinha se atrasa e as duas amigas se desentendem, mas Rosa não permite que as garotas briguem. Cirilo, Davi e Firmino vão com Renê até uma loja de roupas. Os três amigos ajudam o professor a escolher a roupa ideal. Helena se prepara para ir ao encontro de Renê, mas antes passará na escola para a reunião com Olívia. A mãe de Helena acredita que o genro pedirá a mão de Helena em casamento.

Capítulo 152 – Sexta 08/03
Valéria acredita que Suzana tenha trancado Helena na sala dos professores. Graça vê Helena sentada e chorando na praça. A professora explica o que viu e todos ficam irritados com Renê e Suzana. Triste, Renê chega ao colégio e conta a Firmino o que aconteceu. O porteiro tenta acalmá-lo, mas Renê acha que não terá volta. Firmino fica furioso e diz a Renê para ele não desistir. Cristina não acredita que Renê tenha culpa no que aconteceu e acha que a história está muito mal contada. Helena diz que não quer ver Renê por um bom tempo. Firmino conta a Olívia o que aconteceu com Helena e Renê. Furioso, Renê vai à casa de Suzana e pede para conversar com a megera. Irritado, o professor jura que se a professora continuar perseguindo ele e Helena, a denunciará. O namorado de Helena vai até a casa de Helena, mas Valéria impede que ele entre e bate a porta na sua cara. Cristina aconselha Helena a não ver Renê nesse momento. A professora decide ir atrás de seu namorado, pois quer saber o que ele tem a dizer. Helena encontra Renê na praça e diz que está disposta a ouvir as explicações do amado. Olívia fica preocupada com a situação do relacionamento entre Renê e Helena e pede para Firmino ajudar os dois de alguma maneira. Renê explica o motivo de ter planejado tudo e mostra as passagens que havia comprado para os dois viajarem de trem. O professor jura que Suzana o pegou de surpresa e que ele não queria aquele beijo. Renê fala a Helena que todo o amor que sente é dela. O casal se beija. Valéria conta a todos que viu os professores se beijando. Helena diz que está magoada. O professor diz que a história deles não pode acabar por causa de Suzana. Helena diz a Renê que precisa pensar. Ao voltar para a sua casa, Helena diz a todos que eles deram um tempo. Firmino encontra Renê na praça. O professor diz que Helena entendeu o que aconteceu, mas não o perdoou. No dia seguinte, Davi conta a Jaime a história da noite anterior. Irritada, Valéria acredita que Renê seja culpado por tudo o que aconteceu. Triste, Helena confessa a Cristina que não sabe se fez a escolha certa. Sua mãe conta que as histórias de amor não são perfeitas e quando o amor é verdadeiro, ele passa por cima de todos os obstáculos. Cirilo tenta acalmar Valéria. O garoto faz a espoleta menina entender que Helena e Renê só ficarão felizes juntos. Cirilo dá a ideia de eles escutarem a versão do professor. Os amigos encontram Renê na sorveteria. As crianças estão dispostas a ajudar o professor a reconquistar Helena e contam o plano que tiveram a ele. Em sua casa, Helena não para de pensar em Renê. Adriano visita sua professora e diz que não gosta de vê-la triste, Helena promete que tudo ficará bem. Renê adora a ideia das crianças e todos decidem colocar o plano em prática. As crianças ajudam Renê a se reconciliar com Helena e a preparar o casamento surpresa.  Renê pede Helena em casamento. As crianças comemoram quando a professora diz sim e a cerimônia é marcada pela emoção. Depois Renê e Helena partem de Maria fumaça para a lua de mel.

Resumo dos capítulos

Carrossel – Resumo dos capítulos de 25/02 a 01/03/2019

CARROSSEL Rabito e MárioNo capítulo da quinta 28/02, Mário dá aula de etiqueta para Rabito, o garoto tem dificuldade para ensiná-lo e se preocupa

Capítulo 143 – Segunda 25/02
Helena avisa aos alunos que eles passaram de todos os limites. As crianças se arrependem do que fizeram e pedem perdão. A professora os perdoa, mas afirma que é a última chance. Os pais questionam Olívia sobre o que realmente aconteceu. Firmino fica irritado ao ver a diretora esconder parte da história e decide contar tudo. Helena revela as crianças que não foi Firmino que contou à Olivia, e sim um informante misterioso. Jaime relembra o que contaram a Lucas na casa abandonada. Firmino conta a verdadeira versão e os pais ficam mais aliviados. Mas a diretora diz que ainda sim é uma atitude imperdoável e afirma que a explicação não muda nada. Olívia diz que eles invadiram a escola e que isso é crime e podem ser expulsos. A diretora dá uma segunda alternativa aos pais, ela diz que acompanhará seus filhos bem de perto no próximo ano. Os pais se preocupam como ficará a situação de Firmino e prometem ajudá-lo se algo acontecer. Os meninos se perguntam como Olívia conhece Lucas, no mesmo momento eles avistam Jorge deixando Lucas em casa e entendem o que aconteceu. As crianças param o riquinho na rua e tiram satisfações. Renê recebe um telefonema de Helena e a professora conta o que aconteceu ao namorado. Suzana escuta tudo escondida atrás de uma árvore. Jaime ameaça bater em Jorge, mas Cirilo o defende. O riquinho diz que não precisa ser defendido por um filho de carpinteiro. Cirilo não aceita a ofensa e o empurra na lama. Os pais de Rafael, Paulo, Mário, Laura e Cirilo têm uma séria conversa com seus filhos. Jorge chega em casa e avisa Alberto que Cirilo o empurrou em uma poça de lama. E ainda diz que o garoto estava acompanhado de doze meninos. O pai do riquinho diz que vai conversar com José para entender essa história. Alberto vai à casa de Cirilo. O pai de Jorge revela a José o que aconteceu e o carpinteiro estranha que Cirilo tenha tomado essa atitude. Firmino arruma sua mala e se despede da Escola Mundial. Firmino vai embora do colégio, mas antes diz: “muito obrigado”, no pátio da escola vazio. Helena conta pra Renê que as crianças insistiram muito para que ela continue dando aula para eles. Firmino vai até a casa de Helena, diz que foi mandado embora e pede ajuda. Alberto e José conversam pra entender o que aconteceu entre seus filhos. José leva Cirilo pra explicar melhor a situação para os dois. Renê e Helena se prontificam a falar com Olívia. Cirilo conta o que na realidade aconteceu e Alberto fica decepcionado com o comportamento de Jorge. Alberto coloca o filho de castigo e o deixa um mês sem carro. Rafael oferece sua casa para que Firmino possa ficar por um tempo. Jaime diz que vai ser como morar com seu avô, que morreu antes dele nascer. Rosana conversa com Alberto e decidem dar um cachorro para Jorge com a esperança de que a compaixão do menino aumente com um animal de estimação. Antes de dormir, Jorge reclama chateado que não aguenta mais se sentir tão sozinho. No outro dia, Helena tenta convencer Olívia a mudar de ideia. De repente começa uma manifestação na escola em prol do Firmino.

Capítulo 144 – Terça 26/02
Feliz, Firmino volta ao colégio e agradece todos que protestaram a seu favor. O porteiro diz que considera todos os alunos como sua família do coração e que não suportaria ficar longe de seus amigos. Mário imobiliza a pata de Maria Antonieta e Jorge agradece. Alberto oferece dinheiro ao garoto, que não aceita. Alberto conversa com Jorge e tenta explicar que é importante o filho fazer amizades, pois dinheiro não é tudo na vida de uma pessoa. Firmino agradece Olívia por aceitá-lo de volta e pede desculpa por tudo o que aconteceu. Mário, acompanhado do mascote Rabito, vai à casa de Jorge, Rosana o destrata e diz que seu filho não poderá atendê-lo. Jorge vê o garoto indo embora e pede para que ele entre. Alberto pede para Jorge convide convidar Mário para brincar. Helena vai à escola para agradecer Olívia por ter aceitado Firmino de volta. A diretora confessa que só fez isso por medo de Morales intervir na situação. A professora diz não acreditar, pois sabe que Olívia possui um carinho por todos. Mário fica na casa de Jorge, o garoto diz que ensinará o riquinho a empinar pipa. Rosana diz ao marido que não gostou da ideia de deixar Mário ficar na casa. Alberto explica que o filho está sofrendo de solidão e pede para que ela estimule Jorge a fazer novas amizades. Mário e Jorge empinam pipa juntos, o riquinho fica contente em ter um amigo para brincar. Enquanto isso, Rabito se aproxima de Maria Antonieta. Miguel pergunta para Maria Joaquina se ela e Jorge já estão conversando. A riquinha diz que não e Miguel explica que isso não é uma atitude correta. Entusiasmado, Jorge chega em casa para tentar contar a sua mãe o que aprendeu com o seu novo amigo. Rosana fica irritada ao ver o filho sujo e pede a ele que nunca mais brinque com Mário. O riquinho diz que o garoto é seu amigo e Alberto o defende. Jorge confessa ao pai que gostou de brincar com Mário, mas que não sabe se é certo os dois serem amigos. Rabito fica desanimado e Mário não sabe o que fazer para animar o amigo. Mário suspeita que Rabito esteja apaixonado por Maria Antonieta. Alberto vai até a casa de Mário para convidá-lo para sempre que quiser ir à sua casa brincar com Jorge. O riquinho encontra Maria Joaquina e lhe convida para brincar de pipa. A garota diz que está cansada e não aceita. Mário conta a Alberto que seu filho nunca quis se aproximar dele e nem de seus amigos. O pai de Jorge pede a Mário que o ajude a fazer com que Jorge se relacione com todos. O garoto garante a Alberto que irá ajudá-lo. Mário convida Jaime, Cirilo e Paulo para irem brincar com Jorge e explica sobre o pedido de Alberto, os meninos não concordam. Na casa abandonada, Mário está pensativo, quando Daniel chega e pergunta o que o amigo faz ali. Mário conversa com o garoto e explica o que está acontecendo. Daniel aceita a missão e os dois vão ao encontro do riquinho. Rabito entra na casa da família Cavalieri, sem ser convidado, para ver Maria Antonieta. Mário revela a Jorge e Daniel que seu mascote está apaixonado pela cachorra. Rosana conversa com Clara e demonstra preocupação com as novas amizades de seu filho. A mãe de Jorge tem medo que o riquinho seja assaltado pelos novos amigos. O mauricinho mostra aos amigos as novas pipas que ganhou de seu pai e dá uma de presente a Mário, por ele ter o ajudado quando mais precisou. Jorge, Mário e Daniel brincam juntos de empinar pipa. Alberto fica feliz ao ver o filho fazendo novas amizades e diz a Rosana que Jorge aprendeu a empinar pipa muito bem, mas Rosana não se preocupa com as novas amizades.

Capítulo 145 – Quarta 27/02
As crianças se reúnem na casa abandonada e começam a colocar em prática o plano de fazer com que a professora Helena dê aula para o quarto ano. Olívia recebe a primeira mensagem subliminar que diz: “Estatísticas apontam que alunos do ensino fundamental progridem mais quando seguem com a mesma professora nos anos seguintes”. A diretora fica inconformada e rasga a correspondência. Mário e Daniel tentam cumprir a outra parte do plano na floricultura, mas Rabito entra no local, rouba uma flor e foge. Jorge está triste e entediado em casa, Rosana se preocupa com o filho e fala para garoto ir brincar. O riquinho diz à mãe que não tem amigos. Ela lembra o filho de seus outros amigos ricos, mas nenhum deles quer brincar com Jorge. Maria Antonieta continua triste, mas o mauricinho não entende o motivo e estranha o comportamento da cachorra. Olívia chega à floricultura, Daniel coloca o buquê de flores em cima do balcão e a diretora se surpreende com outro bilhete que diz: “Ninguém separa aquilo que o amor uniu”. A diretora desconfia que a mensagem tenha vindo do vendedor e os garotos acreditam que Olívia não tenha entendido a mensagem. Rabito leva a rosa para Maria Antonieta, mas Jorge o expulsa do lugar. Valéria e Jaime vão à farmácia e se escondem. Olívia vai buscar seus remédios e as crianças colocam um panfleto em cima do balcão, a diretora lê o papel com a seguinte mensagem: “Você é diretora de escola? Não consegue dormir por causa da bagunça dos alunos? Principalmente por aqueles pestinhas do terceiro ano? Chegou Helenol, contra dores de cabeça causada por alunismo”. Olívia suspeita da mensagem e encontra os dois alunos escondidos, Valéria e Jaime, que não sabem como se explicar. Olívia tem a certeza que os outros alunos também estão envolvidos. As crianças garantem que não, mas a diretora fica irritada e garante que Helena não dará aula para o quarto ano. Jorge tenta animar sua cachorra, mas o riquinho sabe que Maria Antonieta está apaixonada. Mário conta para Natália e Germano sobre a paixão de Rabito. O pai do garoto fica feliz ao ver o bom relacionamento do filho e da madrasta. As crianças vão à casa de Helena contar o que fizeram. A professora se preocupa com a atitude de seus alunos e imagina que Olívia tenha ficado brava. Rabito foge de casa. Olívia liga para Helena e marca uma reunião na escola. Rabito invade a casa de Jorge e o mauricinho fica inconformado. Mário chega em casa e não encontra Rabito. Jorge vai até a casa de Mário levar Rabito e avisar que não quer que o cachorro fique perto de Maria Antonieta. Na casa abandonada, as crianças discutem sobre o plano que deu errado. Daniel acalma a situação e os alunos decidem que acompanharão Helena até a escola. A professora chega à diretoria para conversar com Olívia. A diretora avisa Helena que seus alunos passaram dos limites. A professora pede paciência, pois os alunos estão em fase de transição. Olívia diz que as duas têm opiniões muito diferentes. Alberto aconselha seu filho a pedir desculpa aos amigos. Jorge diz que não irá fazer isso. Maria Antonieta foge de casa. Os alunos esperam ansiosos por Helena do lado de fora da escola. Enquanto isso, a professora diz à Olívia que gostaria de dar aula para o quarto ano. A diretora debocha e não concorda com Helena. Jorge procura Maria Antonieta por todos os cantos de sua casa, mas não a encontra. Rosana ajuda o filho a procurá-la. A mãe de Jorge dá a notícia para Alberto sobre o sumiço da cachorra, o riquinho se culpa e pensa que Maria Antonieta fugiu por culpa dele. Helena sai desconsolada e as crianças ansiosas questionam a professora. Triste, Helena dá a notícia que Olívia não permitiu que continue dando aula para eles no quarto ano. As crianças ficam tristes e chateadas. Jorge fica irritado ao ver Maria Antonieta com Rabito.

Capítulo 146 – Quinta 28/02
O riquinho e Mário começam a discutir, pois Jorge destrata seu cachorro. As crianças vão à casa de Mário e prometem não contar para ninguém que saíram à noite para procurar os cachorros. Cirilo e Maria Joaquina conversam em frente à casa da patricinha. A garota é gentil com o menino e diz que achou a noite legal. Os dois se despedem com um abraço. Cirilo chega em casa abismado com a atitude de Maria Joaquina. O garoto acaba dormindo no sofá e sonha com a amada. Em seu sonho, Cirilo é acordado por seus pais, que o avisam que tem um caminhão de mudança em frente da casa de Maria Joaquina. Desesperado, Cirilo vai ao encontro de sua amada que diz que irá se mudar por não aguentar mais ser sua vizinha. Ao acordar, o garoto se sente aliviado por ter sido apenas um sonho.  Natália fica aliviada pela volta de Rabito, mas percebe que o cachorro está desanimado. Mário desconfia que seu mascote esteja apaixonado. O garoto vai à casa de Jorge. Rosana fica irritada pela presença de Mário. O riquinho manda dizer que ele não está e Alberto recrimina a atitude de seu filho. Mário está decidido que ele e Jorge precisam tomar uma decisão em relação aos seus cachorros. Jorge faz uma planilha de dias e horários que Rabito poderá visitar Maria Antonieta. Apesar de não concordar, Mário faz a vontade do riquinho. A família Medsen conversa sobre a viagem que farão nas férias. Cirilo invade a casa de Maria Joaquina e pergunta se a patricinha irá se mudar. A garota diz que não, o que deixa o garoto aliviado. Clara e Miguel o convidam para o café da manhã e Cirilo aceita. Na casa abandonada, as crianças conversam sobre a próxima missão que a Patrulha Salvadora irá cumprir. As meninas dizem que todos devem brincar juntos. Mário conversa com Rabito e explica que para continuar encontrando Maria Antonieta, ele deverá ter bons modos, do contrário, Jorge proibirá a visita dele. As crianças brincam na casa abandonada e Paulo tranca Kokimoto na passagem secreta. O Samurai não gosta da brincadeira. Mário dá aula de etiqueta para Rabito, o garoto tem dificuldade para ensiná-lo e se preocupa. Os meninos admitem que gostaram de brincar ao lado das meninas. Natália conversa com Mário e fica impressionada com a habilidade do garoto em ensinar. A madrasta diz que precisará de sua ajuda para cuidar e ensinar Diana (Julia Zimmermann), sua irmã mais nova. Jaime está de castigo e sua mãe fica preocupada que o filho fique só em casa. Ela pede para Jaime dar uma volta e ir encontrar seus amigos. O garoto concorda e ao sair de casa, deixa cair uma casca de banana no chão. Rafael escorrega, cai e se machuca. As crianças se reúnem na praça e sentem-se entediadas por não terem o que fazer. Daniel dá a ideia de todos brincarem de esconde-esconde. As crianças brincam e depois vão todos embora. Valéria pede a Davi para ficaram mais um pouco. O garoto faz uma surpresa para namorada e grava as iniciais “D e V” em uma árvore. Valéria fica feliz ao ver a homenagem. No dia seguinte, Cirilo está encantado ao observar a janela de Maria Joaquina. Paula pergunta ao filho se ele ainda gosta da patricinha.

Capítulo 147 – Sexta 01/03
Na casa abandonada, as meninas terminam a decoração para o salão de beleza. Maria Joaquina batiza o lugar de “Espaço MJ” e convida todas as amigas para serem suas clientes. Os meninos se reúnem na casa de Cirilo e comemoram a vitória que tiveram no jogo. Cirilo vai ao quarto e chama Maria Joaquina, pela janela, para contar sobre os gols que fez, mas percebe que a patricinha não está em casa. As meninas começam a receber as primeiras clientes no salão. Do lado de fora da casa, Maria Joaquina se espanta com a fila gigante de meninas que querem ser atendidas. A riquinha decide contratar Valéria, Bibi, Margarida e Alícia para ajudarem no atendimento. Os meninos chegam à casa abandonada e se espantam com o que encontram. Eles não gostam da ideia das meninas terem transformado o esconderijo em salão de beleza. Os garotos colocam todas as clientes para fora. As meninas ficam furiosas com a atitude dos amigos. Os garotos dizem que elas não tinham autorização para fazer isso. Daniel avisa que teoricamente as meninas não estão erradas, pois também fazem parte da Patrulha Salvadora. Os meninos dão a ideia de montarem uma loja de videogame. Para ser justo, todos decidem dividir o local. Davi leva sua tartaruga para passear e seu mascote acaba fugindo da caixa. Os meninos preparam os acessórios para abrirem a loja. E as meninas arrumam o salão de beleza, do outro lado da casa. Os clientes começam a chegar. Davi avisa dona Sara (Lilian Blanc), que perdeu a tartaruga Relâmpago. Chateado, o garoto diz que não vai conseguir achar seu animal de estimação. Sua avó fala para o neto pedir ajuda aos seus amigos. O garoto liga para Valéria e conta o que aconteceu. A namorada acalma Davi e diz que irá chamar a Patrulha Salvadora para ajudá-lo. Valeria conta para Daniel o que aconteceu com Davi. O garoto aciona a Patrulha Salvadora, mas todos estão envolvidos com a loja de games e o salão de beleza. Renê e Helena vão à sorveteria. A professora sente saudade de seus alunos e imaginam o que estejam aprontando. Daniel pede que a Patrulha Salvadora se reúna. O garoto avisa que Davi precisa da ajuda dos amigos. As crianças querem continuar a cuidar dos negócios, mas Jaime tem a ideia de dividir a turma. Uma parte irá ajudar Davi e a outra fica na loja e no salão. Adriano avisa os amigos que a loja de videogame está se espalhando pela internet e Jaime fica preocupado. A Patrulha Salvadora chega à casa de Davi para ajudá-lo a procurar Relâmpago. O garoto fala aos amigos o quanto gosta de sua tartaruga. Enquanto isso, na casa abandonada, as crianças estão exaustas de tanto trabalhar. Elas se espantam ao saber que fora da casa tem uma fila de clientes que querem devolver os jogos de videogame e receber o dinheiro de volta. Na praça, a Patrulha Salvadora procura Relâmpago, mas não o encontram. Triste, Davi vai embora e seus amigos o acompanham. Ao chegarem à casa do garoto, sua avó pergunta se conseguiram encontram a tartaruga. Ao olhar no aquário, dona Sara percebe que Relâmpago está lá. Davi estranha e lembra que ao sair de casa para passear com o mascote, sua mãe o chamou e ele esqueceu de pegar Relâmpago e saiu com a caixa vazia. Apesar da distração do amigo, a Patrulha Salvadora fica feliz que tudo tenha terminado bem. Na casa abandonada, as meninas limpam a bagunça que fizeram. Laura cai e esbarra em um tijolo que cai e abre um buraco na parede. As meninas acham um diário velho.

Resumo dos capítulos

Carrossel – Resumo dos capítulos de 18 a 22/02/2019 

CARROSSEL HELENA E RENÊNo capítulo da quinta 21/02, as crianças fazem um almoço romântico para
Helena e Renê na casa abandonada

Capítulo 138 – Segunda 18/02
José vai à oficina de Rafael, os dois passarão a madrugada arrumando o carro de Cirilo. Em sua casa, o ingênuo garoto não consegue dormir. Cirilo imagina Jorge ganhando a corrida e todos os seus amigos torcendo pelo riquinho e zombando dele. O menino tem medo de ganhar e não conseguir fazer Maria Joaquina gostar dele. No dia seguinte, Rafael consegue terminar o carro de Cirilo. Maria Joaquina entrega a Miguel um envelope e pede para que ele entregue ao Cirilo. A menina jura que não é nenhuma carta que irá magoar o garoto. Cirilo fica surpreso ao ver o carro consertado. Rafael fica preocupado, pois percebe que o automóvel ainda está com problema. O mecânico promete que irá arrumar o que falta, mas no fundo sabe que será difícil. Chega a hora da corrida e todos chegam para acompanhar a disputa. Jorge e Cirilo testam os carros na pista e se posicionam para começar. Miguel vai ao encontro de Cirilo e avisa que Maria Joaquina só vai chegar no final da corrida, mas entrega o envelope ao garoto.  Ao abrir, para sua surpresa, Cirilo encontra o laço de Maria Joaquina e fica extremamente feliz. Rafael diz que o motor de Jorge está perfeito e que ele está preocupado com o barulho que o carro está fazendo. Laura vê os amigos de Jorge, fica desconfiada e lembra que foram eles que pediram para dar uma volta no carro de Cirilo. Cirilo e Jorge se preparam para a corrida. As meninas questionam a falta do misterioso corredor ‘D’. Helena dá a largada, Cirilo deseja boa sorte a Jorge que o destrata. A corrida começa e todos ficam com muita expectativa. A corrida fica acirrada entre eles, Jorge ultrapassa Cirilo. Alberto observa o filho e nota que Jorge está tentando sabotar o seu adversário. O riquinho derruba água e solta fumaça na pista para atrapalhar Cirilo, que bate o carro. Surge na pista o corredor ‘D’, que ajuda o garoto a voltar para a corrida. Os meninos da Patrulha Salvadora sentem a falta de Daniel e desconfiam que ele possa ser o ‘Senhor D’. Jorge tenta armar mais uma armadilha, mas seu painel queima e Cirilo consegue ultrapassá-lo. O corredor ‘D’ também ultrapassa Jorge.

Capítulo 139 – Terça 19/02
Ainda na pista, as crianças comemoram a vitória de Cirilo, mas ficam curiosas pra saber quem é o misterioso corredor ‘D’. Cirilo agradece a ajuda do corredor e lhe convida para fazer parte da Patrulha Salvadora. O piloto misterioso tira o capacete e balançando os cabelos revela, para a surpresa de todos, ser Maria Joaquina. Sorridente, ela agradece o convite de Cirilo e diz que acha que os outros meninos não vão gostar de sua entrada na Patrulha. Cirilo, como os demais, fica sem reação ao vê-la de maneira tão gentil. As crianças fazem perguntas para Maria Joaquina, que explica que aprendeu a dirigir com um primo, dono do carro, que emprestou o automóvel para ela participar da corrida.  As meninas comemoram e abraçam a amiga. Cirilo pede para os pais fazerem uma festa para comemorar sua vitória, eles concordam e convidam todos. Cirilo faz questão de convidar Maria Joaquina e seus pais. Ela não está animada para ir, mas seus pais fazem questão. Jorge fica irritado com a derrota e decide procurar um advogado para pleitear a vitória da corrida, mas o advogado se recusa. Enquanto isso, na casa de Cirilo, a festa acontece, mas o menino está mesmo na expectativa da chegada de Maria Joaquina. Quando ela chega acompanhada dos pais, Cirilo arregala os olhos e parece não acreditar. Ele fica muito feliz. Maria Joaquina diz para as amigas que realmente mudou e evoluiu sua maneira de pensar: “Antes, se eu entrasse nessa casa já estaria me coçando. Mas hoje eu vejo que é uma casa pobre, mas é bem legal”, conta. Cirilo pergunta se ela o ajudou porque queria que ele ganhasse ou se foi para o Jorge perder. Ela diz que em primeiro lugar não achou justo ele ganhar sabendo que Jorge iria sabotar e em segundo, acha Cirilo um menino muito legal. Cirilo fica encantado e antes dela ir embora, ajoelha aos seus pés e agradece sua presença na festa. Os pais de Cirilo contam para ele que estão pensando em mudar de casa. Suzana vai ao colégio em pleno domingo para mandar um e-mail do computador da diretora Olívia. Ela envia uma foto de Helena e Renê se beijando na boca e escreve um texto questionando a postura da escola. O e-mail é enviado para todos os pais dos alunos da escola. Suzana só não contava que seria vista por Firmino, que estranha sua presença na Escola Mundial no final de semana. As reações dos pais são variadas ao ver o e-mail. Passados cinco dias, Olívia está investigando quem enviou o e-mail para os pais. A diretora não aguenta mais receber ligações exigindo explicações sobre o tal e-mail. Suzana tenta convencer Olívia a desistir de descobrir o culpado que enviou o e-mail aos pais e sugere que ela puna os verdadeiros culpados, Renê e Helena. A vilã ainda diz que Renê foi vítima e que Helena que sempre se ofereceu para o professor.

Capítulo 140 – Quarta 20/02
Helena dá aula preocupada. Firmino e Graça chegam à conclusão que o texto das fotos foram descontextualizados para prejudicar Helena. Olívia chama Renê para conversar na sala. As crianças tentam consolar Helena. O professor passa na sala de Helena e diz que acha que será mandado embora. Valéria está no banheiro e escuta Suzana falando sozinha. A megera diz que não gosta de Helena e que se ela quer ficar com Renê, também ficará sem o emprego. Suzana vê Valéria e tenta coibir a menina a não dizer nada o que ouviu.  Olívia ouve as explicações de Renê e diz que ele pode estar dizendo a verdade, mas os pais não irão compreender. Suzana rasga o diário de classe de Helena na frente de Valéria e diz que irá incriminá-la e assim acabar com ela e Helena de uma só vez. Olívia demite Renê. Paulo e Kokimoto armam mais uma e colocam pimenta no lanche da merenda da escola. Todos pulam e gritam no pátio após comerem o lanche. Olívia, que iria falar com Helena, resolve ver o que está acontecendo no pátio. Ela fica brava com a bagunça que vê e pede explicações. Laura tenta dizer que colocaram pimenta no lanche. A diretora experimenta o lanche e passa a entender o motivo daquela baderna toda. A diretora grita pedindo água. Enquanto isso, na sala da diretora, Suzana entra empurrando Valéria, mas para surpresa da professora, se depara com Helena. Suzana diz que Valéria rasgou o diário de classe, mas a menina diz que é mentira. Helena diz que Valéria não faria isso. Valéria diz que não teria motivo pra rasgar ou querer alterar sua nota, pois havia passado de ano com boas notas. A menina revela ainda que descobriu que Suzana foi quem mandou o e-mail do beijo. Helena parece não acreditar no que ouve. Suzana diz que só Helena pra ser mais burra que uma menina de 9 anos. A vilã ainda chama Valéria de maldita, fazendo com que Helena diga que não admite que ela fale assim sua aluna. Irônica, Suzana pergunta: “A princesinha ficou nervosa? Acordou pra vida?”. Enquanto isso, Paulo e Kokimoto caem na própria armadilha, comem o lanche apimentado e saem gritando. O senhor Morales chega no colégio e fica assustado com tanta correria, gritos e principalmente ao se deparar com Olívia bebendo água em um galão de 20 litros. Na sala da diretora, Suzana diz que esse tempo fingiu que havia entendido Helena, mas que não gosta dela. Valéria vai até o microfone da sala de Olívia e discretamente o liga para que através dos alto-falantes espalhados pela escola, Suzana seja desmascarada e todos escutem o que ela diz. A vilã não percebe e diz que o professor Renê é dela. Helena diz que ela e Renê se amam. Suzana se irrita e manda a professora calar a boca e não repetir mais isso. Suzana diz ainda que não é inocente, mas sim esperta. A vilã revela que foi ela quem armou todos os desencontros da Helena com Renê e que foi ela quem tirou a foto e mandou para todos os pais. Morales e a diretora escutam tudo do pátio e ficam chocados. Renê entra na sala e diz para Suzana que tudo acabou neste momento. Valéria revela que para Suzana que todos da escola sabem de tudo, pois ela ligou o microfone. Suzana fica irritada. Morales diz que Helena e Renê não podem ser mandados embora, pois não infligiram nenhuma regra, ao contrário de Suzana. As crianças, que também estão no pátio, escutam tudo e comemoram ao escutar que Suzana será demitida.

Capítulo 141 – Quinta 21/02
As crianças conversam na casa abandonada sobre o que vão fazer nas férias. Laura dá a ideia de fazer um almoço romântico em homenagem aos professores Helena e Renê. Apesar de alguns meninos não concordarem, a maioria vence e eles começam a planejar. Helena recebe em sua casa um bilhete e um presente. Ao abrir a caixa ela percebe que ganhou um urso de pelúcia e ao ler a carta, pensa que foi o professor que a enviou. Na praça, Kokimoto e Paulo observam Renê. Os garotos colam uma carta na bola e chutam para perto do professor. Renê pega a bola, sem notar quem a chutou e lê o bilhete que está escrito: “Siga o seu coração e te darei uma surpresa”. Apaixonado, o professor pensa que é um bilhete de Helena. Alberto pede desculpa a José pelo comportamento de seu filho na corrida. Paula avisa a todos que a família se mudou para o mesmo bairro e Rosana debocha. Os pais de Maria Joaquina contornam a situação e ficam felizes com a notícia. As crianças preparam o almoço romântico para os professores, com a ajuda de Eloisa. Maria Joanina aceita o convite de Cirilo e vai até sua casa. O garoto fica feliz ao vê-la e promete mostrar o novo local onde mora. Alberto leva Jorge e seus dois amigos, Erick e Atílio, à casa de Cirilo. O pai de Jorge avisa a José que arcará com todas as despesas que o filho causou e diz que ele será castigado. Erick e Atílio pedem desculpa a Cirilo, mas Jorge se recusa. O ingênuo garoto pede a Alberto que não brigue com Jorge. Helena chega à casa abandonada e se surpreende com toda a decoração. Renê aparece e a professora agradece ao namorado pela surpresa, mas o professor garante que a ideia não foi dele. As crianças aparecem e começam a servir o almoço, o casal se surpreende. Na casa de Cirilo, Jorge não se redime e destrata o colega.  José fica irritado ao ver a atitude do garoto, mas o riquinho não se importa e continua. Alberto obriga o filho a pedir desculpa. O pai de Jorge agradece Cirilo por ele ser tão compreensivo, o garoto acredita que o mauricinho ainda irá mudar. Olivia avisa Graça que Firmino entrará de férias. A faxineira fica inconformada que ela terá que cuidar de tudo sozinha. Cirilo espera Maria Joaquina para irem juntos ao jogo.  A patricinha entra no carro do garoto e eles saem. Jorge observa tudo. Cirilo chega com Maria Joaquina no campo onde ele irá jogar futebol com os meninos. Cirilo promete fazer um gol para a patricinha. Maria Joaquina vai até as outras meninas que falam em tom de brincadeira que os dois estão namorando.  O jogo começa e Cirilo fica admirando Maria Joaquina ao invés de prestar a atenção na partida.

Capítulo 142 – Sexta 22/02
As meninas se reúnem na casa de Maria Joaquina e esperam ansiosamente Valéria e Bibi, que foram à casa da professora Helena convencê-la a dar aula no próximo ano para a mesma turma. Firmino conta à Olívia o que aconteceu naquela noite, mas a diretora acredita que o porteiro tenha traído sua confiança por não ter lhe contado o que aconteceu e promete tomar providências. Olívia liga para todos os pais dos alunos envolvidos e convoca uma reunião. Valéria e Bibi chegam à casa de Maria Joaquina com a notícia de que Helena não pôde aceitar a sugestão das alunas. Marcelina recebe uma mensagem de Paulo avisando que a diretora marcou uma reunião com os pais de alguns alunos e que a mãe de Laura também foi chamada. A garota fica assustada e vai embora correndo. Paulo, Mário, Jaime, Cirilo e Laura se reúnem na casa abandonada e começam a pensar nos motivos que fez com que Olívia chamasse seus pais. A diretora conta a Helena o que aconteceu e a professora fica decepcionada. Olívia diz que ficou sabendo do ocorrido por conta de um informante secreto. As meninas estranham a atitude de Laura e Valéria descobre que a diretora está na casa de Helena. Olívia tenta fazer com que a professora desista de seus alunos no próximo ano, para que ela tome conta deles. A diretora diz que Helena é muito ingênua, mas a professora defende as crianças e acredita na bondade delas. Olívia está determinada a mudar as regras da escola e sugere em expulsar os alunos que tentaram roubar a prova. A diretora comunica Firmino que marcou uma reunião com os pais e pede a presença do porteiro. Os garotos ficam com medo e Laura acredita que Olívia tenha descoberto tudo. Mário fala aos amigos que eles poderiam ir conversar com a professora Helena. Todos chegam à escola e Olívia dá início a reunião. A diretora conversa com os pais e revela o que os filhos fizeram. Ela proíbe Firmino de falar tudo o que aconteceu e só conta uma parte da história. As crianças vão à casa de Helena e pedem perdão. A professora diz aos alunos o quanto ficou chateada com o que fizeram. Os pais falam para Olívia que seus filhos estudaram e por isso foram bem na prova. Firmino concorda e a diretora o destrata.

Resumo dos capítulos

Carrossel – Resumo dos capítulos de 11 a 15/02/2019

CARROSSEL Familia de CiriloNo capítulo da quarta 13/02, José descobre que ganhou R$ 2 milhões na loteria e compra um lindo carro para Cirilo

Capítulo 133 – Segunda 11/02
Jaime finge que morreu de susto e todos dizem que essa foi uma brincadeira sem graça. Natália diz para sua amiga que errou no passado, mas que hoje reconhece que é como uma mãe para Mário e que sabe dar importância para a família. Os meninos e Valéria decidem sair da casa abandonada para ajudar Jaime. Jorge espia tudo e decide delatar o comilão para Rafael. O riquinho diz para o mecânico que viu Jaime e as outras crianças indo até a casa de Helena. Rafael fica revoltado com a notícia e vai atrás do filho. Helena dá uma bronca em Jaime e diz que as escolhas dele geraram muitas consequências ruins para sua família e para a escola. Helena diz que por mais que seja boazinha não irá deixar essa travessura passar em branco. Davi entra correndo e diz que Rafael está entrando. Helena diz para o menino ter calma que todos irão conversar. O mecânico, muito irritado, entra segurando um cinto e diz que Jorge deu a notícia que ele estaria lá. Helena pede para Rafael ter calma. Kokimoto e Paulo decidem se vingar de Jorge. Eles encontram o menino na rua e dizem que o pesadelo dele ainda nem começou. Valéria tenta ajudar o amigo ao dizer que Jaime deve ter tomado a atitude de cabular aula inspirado em seu pai. Rafael fica mais bravo e chama a menina de atrevida. Helena diz que ela mais prejudicou do que ajudou. Mário diz que é melhor eles irem embora. Helena concorda e explica que assim pode conversar melhor com Rafael e Jaime. Durante a conversa, o comilão assume que cabulou aula para não fazer a chamada oral da tabuada. Helena diz que ele merece sim um castigo, mas que também compreensão, pois tal atitude foi motivada pelo medo do garoto. O mecânico confirma que sempre que o filho tira nota baixa dá alguns cascudos nele. Helena diz que isso está errado e que é melhor ele mudar de tática, pois essa não está mais funcionando. A professora Helena dá uma aula especial sobre o esqueleto humano. Paulo tem que encontrar um modo de conseguir dinheiro para comprar figurinhas, pois perdeu as suas em um jogo para um aluno. Marcelina aconselha o irmão a ter uma ideia inovadora para ganhar dinheiro.

Capítulo 134 – Terça 12/02
Graça se assusta, pois o esqueleto sumiu do laboratório. Ela vai até Renê, que conta que Helena estava usando o esqueleto durante a aula de ciências. Graça vai até Helena perguntar, a professora diz que o usou, mas Firmino o levou de volta. Carmen e Margarida comentam com a Alícia que ela receberá um bilhete do admirador em que ele se revelará. Graça comenta com Olívia que os mortos voltaram a andar pela escola. Sem paciência, a diretora grita com Graça, diz para ela encontrar o esqueleto humano. Helena pergunta aos alunos onde está o esqueleto. Misterioso, Adriano afirma que a professora não gostará de saber. Olívia vê o esqueleto passeando pelo pátio e fica perplexa. Ela se tranca na diretoria. Adriano conta a Helena que é provável que o esqueleto tenha revivido. Olívia conta a Graça que viu o esqueleto passando pelo pátio. Graça e Olívia ficam em pânico. As duas decidem ir ao laboratório. Firmino está com o esqueleto, pois o levou para polir os ossos. Ele acaba deixando o esqueleto na porta do laboratório, pois está atrasado para tocar a campainha do sinal. Ao sair do laboratório, Olívia e Graça dão de cara com o esqueleto. As duas gritam desesperadas. Elas vão até Firmino, que conta que estava polindo os ossos do esqueleto. O zelador conta que foi ele quem deixou o esqueleto na porta do laboratório. Alícia flagra Mário colocando bilhete em seu armário. Mário fica surpreso ao saber que é o armário de Alícia e pede para a menina devolver o bilhete. Alícia fica triste, pois ninguém gosta dela. Mário afirma que todas as meninas deviam ser iguais a ela. Alícia pergunta a Mário para quem era a carta. Ele pede para Alícia guardar segredo. Marcelina encontra um bilhete em seu armário e fica radiante.  Os garotos relembram a partida de futebol no estádio do Santos. As meninas lembram-se do show da banda Carrossel no estádio. Helena comenta com os alunos que as provas finais estão chegando. Ela diz que é importante que eles estejam preparados. A professora afirma que Olívia não tem andado calma por conta da prova. Helena conta que o último teste é a própria diretora quem vai aplicar e corrigir. Os alunos não gostam nada da ideia. Daniel afirma a Helena que todos estudarão bastante para a prova. Olívia chama Firmino sem parar, ela diz que ele tem sempre que estar às suas ordens. A diretora diz ao zelador que quer a escola brilhando. Firmino conta a Graça que Olívia exigiu que ele limpasse a escola sozinho. Graça fica indignada e diz que irá ajudá-lo. O zelador comenta que Olívia vai precisar de Graça para fazer outras coisas.

Capítulo 135 – Quarta 13/02
Cirilo pergunta ao pai se ele é bobo por querer um carro. O garoto conta que Jorge riu dele. Cirilo conta que o carro custa R$12 mil e pergunta se José tem a quantia. Paulo leva uma barra de sabão à escola para tirar molde da chave da sala da diretora Olívia. Os garotos bolam um plano para distrair Firmino e pegar o molho de chaves. Jaime estranha a forma como Mário trata Marcelina. Olívia acusa Firmino de ter mentido ao falar que não conseguiria fazer a limpeza na escola, ela o chama de preguiçoso. Para distrair Firmino, Jaime e Mário pedem a ajuda do zelador para mudar o piano de lugar a pedido de professor Renê. Paulo vai ao quarto de Firmino e faz o molde da chave da sala de Olívia na barra de sabão. Paula afirma a Jaime e Mário que conseguiu tirar o molde das chaves. Olívia chega à sala de música e pergunta o que os garotos estão fazendo, ela desconfia que eles estejam tramando algo. Paulo, Jaime e Mário chegam atrasados à aula e inventam a desculpa de que estavam conversando sobre a prova final. José confere os resultados dos jogos que fez na loteria. Ele fica perplexo ao constatar que ganhou o prêmio de R$ 2 milhões. Cirilo está triste na aula, Helena pergunta se o garoto está bem. Olívia chega à sala de aula, ela faz comentários sobre as provas finais. No teste vai cair a matéria dada ao longo do ano. José confirma o prêmio e afirma a Paula que eles estão ricos. Helena aconselha os alunos a estudarem todo o caderno. Paula comenta com José que eles têm que pensar bem como vão gastar o dinheiro. Na sala, Suzana elogia Olívia pela ideia da prova final. Helena chega para falar com Olívia sobre a prova. Ela diz que a pressão pode prejudicar alguns de seus alunos. Helena tenta pedir para a diretora especificar a matéria. José vai ao banco para depositar todo o dinheiro do prêmio. Rafael vai à escola conversar com Helena sobre a prova final. A professora diz que Jaime terá que estudar bastante. José vai à concessionária comprar o carro para Cirilo. Laura comenta com Helena que teme não conseguir fazer a prova de Olívia, pois está nervosa. Paulo vai ao chaveiro fazer as chaves com o molde da barra de sabão. O chaveiro fica desconfiado e pergunta quem pediu para ele fazer as cópias das chaves. Cirilo passa na concessionária para ver o carro, ele fica triste ao ver que o carro não está mais no mesmo lugar. O vendedor conta a Cirilo que o carro foi vendido. Os garotos vão à casa de Cirilo para dar parabéns ao garoto. José recebe os cumprimentos de Rafael e Dr. Miguel. Ao lado dos amigos, Cirilo vai para a rua testar o seu carro. Jorge fica indignado ao saber que Cirilo ganhou um carro mais caro que o seu. Helena conta a Olívia que a família de Cirilo ganhou um prêmio na loteria.

Capítulo 136 – Quinta 14/02
Valéria dá indiretas em Jorge, pois ele não quer competir com Cirilo. Jorge inventa a desculpa que não vai se rebaixar. Maria Joaquina diz a Jorge que todas as meninas estão falando que ele é covarde. A patricinha aconselha Jorge a competir com Cirilo. Jorge sonha que as meninas o chamam de covarde, medroso. O mauricinho conta aos pais que foi desafiado por Cirilo para uma corrida. Paulo, Mário e Jaime vão à escola à noite. Eles entram na sala da diretora Olívia para olhar as provas. Eles copiam os exercícios da prova. No meio da noite, Olívia telefona para escola, pois quer fazer compras pela internet e esqueceu seu cartão de crédito em sua sala. Os meninos se assustam com o barulho do telefone e gritam. Firmino acorda, vai até a sala da diretora, os garotos se escondem. O zelador atende ao telefone, é Olívia, que pede para ele passar o número de seu cartão. Firmino sai da sala, mas se esquece de algo e retorna. Ele flagra os garotos copiando os exercícios da prova. Firmino diz que terá que contar á diretora o que eles fizeram. Ele pede aos meninos a cópia das chaves e também folha onde copiaram as perguntas. Firmino promete ajudar os garotos a estudarem e pede para eles chegarem uma hora antes da aula todos os dias. Jorge pede para Daniel organizar a competição entre ele e Cirilo. Koki diz a Helena que ela não pode faltar na corrida, pois ela dará o sinal da largada. Helena comenta com os alunos que a corrida não pode se tornar uma rixa, pois é uma forma de entrosamento. Firmino pergunta a Olívia por que ela aplicará a segunda prova nos alunos, pois antes ela aplicava uma só. A diretora fica furiosa. Firmino diz a Maria Joaquina que Olívia quer conversar com ela. Olívia pede um favor à patricinha, que escreva na lousa a matéria da prova para os alunos. Paulo, Laura, Cirilo, Mário e Jaime estudam durante o recreio. Olívia conta a Graça e Firmino que resolveu instalar na escola um sistema moderno de comunicação. Olívia chega ao terceiro ano para aplicar a prova, ela adverte que se pegar alguém colando, fará picadinho. Helena afirma que Olívia está assustando as crianças. A diretora ordena que a turma comece a fazer a prova. Jaime e Laura começam a suar durante a prova. Helena afirma a Renê que está preocupada, os alunos estão tensos. Olívia dá por encerrada a prova. Os alunos perguntam quando sairão os resultados das provas. Helena aconselha os alunos a descansarem. Laura comenta com Helena que não sabe se foi bem na prova.

Capítulo 137 – Sexta 15/02
Jorge pede a ajuda dos amigos para sabotar o carro de Cirilo. Cirilo vai à casa de Maria Joaquina contar que ficou sabendo que ela colocará uma coroa de flores e dará dois beijos no ganhador da competição. Maria Joaquina manda Cirilo ir embora de sua casa. Jorge aconselha seus amigos a pedirem o carro de Cirilo emprestado para dar uma volta. Cirilo pede para Rafael revisar seu carro antes da corrida. Jorge manda seus amigos quebrarem o câmbio de marcha do carro de Cirilo. Rafael comenta com Cirilo que ouviu o motor do carro de Jorge e está desafinado. Davi vai se esconder na casa de Valéria, pois está com medo de ir ao dentista. Renê e Helena se encontram na sorveteria. Helena mostra mensagem que recebeu em seu celular do número de Renê. O professor diz que não foi ele quem mandou e fica desconfiado, pois a Graça achou seu celular em cima do piano. Jorge paga seus amigos para quebrar o carro de Cirilo. Paulo diz a Cirilo que vai pedir a Maria Joaquina um laço de cabelo para dar sorte a ele. Ele pede R$ 50 reais para a missão. Helena trata Renê de forma estranha. O professor pergunta se ela ainda está pensando na mensagem. Ele afirma que não foi ele quem mandou. Helena comenta que não acredita que Suzana tenha mandado a mensagem. Renê pede para Helena esquecer e conta que tem um plano para os dois nas férias. Suzana entra na sala dos professores e os convida para ir ao cinema. Cirilo pede para o pai adiantar sua mesada, pois precisa comprar “umas coisinhas”. José pergunta se tem a ver com Maria Joaquina. Paulo rouba um laço de cabelo de sua irmã Marcelina. Os amigos de Jorge pedem mais dinheiro ao mauricinho para sabotar o carro de Cirilo. Paulo entrega o laço a Cirilo, que dá R$50 reais ao peralta. Cirilo vai à casa de Maria Joaquina mostrar o laço e agradece a menina por ter dado o presente a ele. Esnobe, a patricinha diz que jamais daria um laço seu para ele. Ela afirma que mais uma vez ele foi enganado por Paulo Guerra. Jaime vai à casa de Paulo e o faz pedir desculpas a Cirilo. Os garotos estão na casa abandonada e tentam reanimar Cirilo. Jaime chega à casa abandonada com Paulo e diz para ele entregar o dinheiro a Cirilo. Paulo confessa que o laço é de Marcelina. Jaime faz Paulo se ajoelhar e pedir perdão a Cirilo. Triste, Cirilo diz que não adianta bater em Paulo, ele queria que Maria Joaquina gostasse dele. Cirilo está com Laura em seu carro. Dois garotos se aproximam e elogiam o carro do garoto, são os amigos de Jorge, mas Cirilo não sabe. Eles pedem para Cirilo deixá-los andar no carro. Laura adverte Cirilo, mas, ingênuo, Cirilo empresta seu carro aos garotos desconhecidos. Os garotos sabotam o carro de Cirilo e o abandonam numa rua deserta. José chega e pergunta ao filho onde está o carro. Cirilo conta que emprestou a dois garotos. José, Cirilo e Laura saem para procurar o carro e acabam o encontrando. Cirilo tenta dar partida no carro, mas o carro está quebrado. Eles levam o carro para Rafael olhar, o mecânico afirma que o câmbio de marchas está arruinado. Rafael afirma que é tão grave que Cirilo não poderá competir no domingo. Rafael diz que as peças que precisa para o conserto chegam somente em uma semana. José vai à casa de Alberto Cavalieri, encontra Jorge e conta o que aconteceu ao carro de Cirilo por ter emprestado a dois garotos desconhecidos. Jorge dissimula. José pede para Jorge adiar a corrida. Esnobe, o garoto diz que é impossível e destrata José. Jorge diz a Maria Joaquina que o carro de Cirilo está quebrado, eles não competirão mais. José conta a Cirilo que não conseguiu adiar a corrida.

Resumo dos capítulos

Carrossel – Resumo dos capítulos de 21 a 25/01/2019

carrossel cirilo e professora helena 3Capítulo 118 – Segunda 21/01
Helena explica a Davi que não deve existir diferenças por questões religiosas. Davi fica encantado com a explicação da professora. Mais tarde, na Escola Mundial, Helena conversa com Alberto, pai de Jorge. Valéria descobre que Davi trocou presentes com Margarida e fica com ciúme. A menina pede para que Davi não fale com ela e o chama de traidor. Na manhã seguinte, o técnico e Jurandir levam o time de futebol da Escola Mundial até o estádio Vila Belmiro, em Santos. As crianças ficam encantadas com a surpresa. De repetente surge no campo o atacante do Santos, Neymar. Todos saem correndo para abraçar e falar com o ídolo. O técnico explica que Neymar dará um treinamento especial para a meninada. Jaime diz que parece um sonho. As crianças treinam como bater pênaltis e dribles. O treino também teve muita bagunça e Cirilo marcou até um gol em Neymar, que estava como goleiro. O atacante também fez embaixadinhas, jogou partida com a meninada e ensinou todos a dançar o “Eu quero Tchu, eu quero tcha”. No fim do treino, Neymar fez uma proposta para o time da Escola Mundial, se eles vencerem o campeonato poderão jogar com o time sub-11 do Santos na Vila Belmiro.  Jaime e Paulo vão até Laura e comentam que tem um colega na classe que é maluco por ela, Jorge. Laura fica feliz, diz que é um candidato maravilhoso. Jaime afirma que Jorge é tímido e tradicional. Jaime e Paulo afirmam que vão fazer o papel de cupido. Laura vai falar com Jorge, que é grosso, pede para ela o deixar em paz. Laura afirma que Jaime e Paulo mentiram para ela. Paulo diz que Laura tem razão, Jorge não quer mesmo nada com ela, pois ela é gorda, feia e ridícula, ninguém quer namorar ela. Laura fica extremamente magoada. Na casa abandonada, Paulo diz que não vai levar seu pai à escola, pois vai fugir para o porto, pegar um navio e conhecer o mundo todo. Rafael pede para Olívia perdoar as travessuras de Jaime. Paulo não vai à escola no dia seguinte. Helena pergunta a Marcelina por que Paulo faltou. Helena pede para Davi passar na casa de Paulo para ver se ela está bem. Paulo escreve uma carta aos pais, diz que vai conhecer o mundo como marinheiro. Davi vai à casa de Paulo, diz a Roberto que Paulo faltou à escola. Roberto diz que o filho saiu pela manhã de uniforme. Sem graça, Davi comenta que deve estar enganado. Paulo foge da casa. Ao andar pelas ruas, ele encontra um garoto, Abelardo, que também está fugindo de casa por ter brigado com o pai. Abelardo sonha em navegar pelos sete mares. Lilian e Roberto, pais de Paulo, encontram bilhete deixado pelo filho. Paulo e Abelardo pegam uma vã para Santos. Lilian procura Helena, que revela Paulo aprontou mais uma de suas travessuras e pediu que ele viesse à escola acompanhado do pai. Lilian está aflita com o sumiço do filho. Roberto afirma que vai dar uma bela surra em Paulo. Helena diz a Renê que não sabe mais onde procurar por Paulo. Suzana encontra o casal, diz que quer ajudar na procura por Paulo. Renê fica desconfiado.

Capítulo 119 – Terça 22/01
Alícia diz para Davi que ele precisa se mostrar preocupado com Valéria para impressionar a amada e assim fazer as pazes. Ele vai chamar alguns amigos para fingirem estar ameaçando Valéria para que ele surja e lhe defenda. Marcelina está triste com o sumiço do irmão e diz para sua mãe que acha que Paulo fugiu por não aguentar mais a briga dos pais. Paulo e Abelardo, sonhando, seguem o mapa do pirata em busca do tesouro. Eles dizem que estão com saudade de suas famílias e decidem voltar para casa. Os meninos acordam do sonho e ligam do orelhão para os pais para avisarem que estão bem e que querem voltar para casa. Paulo chega em casa e é abraçado pela sua mãe e irmã. O menino pede desculpa e perdão para o pai, que também abraça o filho e diz que o ama. Davi conta a Helena que vai se reconciliar com Valéria. Os alunos do quinto ano chamam Valéria de periguete, ela fica furiosa. Laura e Carmen tentam controlar Valéria. Davi defende Valéria e faz os garotos ajoelharem e pedirem desculpa à sua amada. Valéria fica boquiaberta com a postura de Davi e o agradece com um beijo. Laura diz que nunca viu uma cena tão romântica. Davi leva Valéria para casa e volta a pedi-la em namoro. Eles fazem planos para o casamento e a lua de mel. Os dois imaginam Valéria entrando na igreja, Jaime é o padre da cerimônia. Daniel, Margarida, Carmen e Laura são os padrinhos. Davi comenta com Valéria que um judeu não pode se casar com uma católica. Os dois decidem esclarecer a questão com Helena. Helena afirma que o casamento é para adultos e não para crianças, mas eles devem lutar pelo amor. Valéria e Davi convidam Cirilo para ser padrinho de casamento. Jorge diz a Cirilo que Helena jamais casaria com um homem da cor dele. Cirilo agarra Jorge pelos colarinhos. Jaime chega e pergunta o que está acontecendo. Ele defende Cirilo. Ao ver Maria Joaquina e Jorge humilhando Cirilo, Jaime os ameaça. Laura puxa o cabelo de Maria Joaquina ao saber que ela maltratou Cirilo. Olívia chega no pátio e flagra os alunos brigando. Valéria mostra a Davi os modelos de vestido de noiva que a inspiram. Todos eles são caros. Davi fica apavorado. Olívia corre para a sala de aula e pergunta a Helena se ela vai se casar. Helena está com Renê e fica extremamente desconcertada. Cirilo telefona para Maria Joaquina e pede desculpas. A patricinha o humilha ao dizer que não o suporta. Miguel ouve a conversa de Maria Joaquina e pergunta quem ela estava maltratando. Ela desconversa. Miguel pergunta a Maria Joaquina se ela esqueceu que Cirilo salvou Clara. Paula percebe a tristeza de Cirilo. Miguel faz Maria Joaquina escrever uma carta a Cirilo pedindo desculpas. Paula e José afirmam que Cirilo não deve se importar com o que Maria Joaquina fala. Cirilo afirma que não é possível, Maria Joaquina é a menina que ele mais ama no mundo. Renê está na casa de Helena, Suzana chega e diz que sente a falta da amizade deles, quer reparar os erros que cometeu. Ela afirma que está se sentindo sozinha e pede perdão a Helena. Jorge se passa por Cirilo e escreve carta a Miguel. Olívia diz aos alunos do terceiro ano que o Santos Futebol Clube os convidou para um amistoso com o time sub-11 e também para uma confraternização com a banda Carrossel. Maria Joaquina entrega suposta carta de Cirilo a Miguel, que fica feliz ao saber que Cirilo aceitou as desculpas de Maria Joaquina. José revela a Miguel que Cirilo sofre muito com o jeito que Maria Joaquina o trata. Ele pergunta a Miguel se Maria Joaquina é racista. Miguel promete a José que não acontecerá mais. Miguel comenta com Clara que vai aplicar um castigo em Maria Joaquina como nunca antes. Ele chama a filha, mas a patricinha insiste em continuar mentindo. Miguel pergunta a Maria Joaquina se a carta foi escrita por Cirilo. Ela confessa que a carta foi escrita por outra pessoa. A patricinha conta que um colega teve a ideia de falsificar a carta. Miguel pede para menina falar o nome do colega.

Capítulo 120 – Quarta 23/01
Maria Joaquina conta que foi ideia de Jorge Cavalieri. Miguel conta a Alberto o que Jorge e Maria Joaquina fizeram. Alberto repreende Jorge e o proíbe de ir à festa. Miguel vai à casa de Cirilo e entrega a ele carta escrita por Maria Joaquina pedindo desculpas. Germano vai à escola se despedir de Mário, pois vai viajar. Natália está em casa, sente dores fortes e desmaia. Germano conversa com Helena, diz que Natália não está bem da saúde. Germano se despede de Mário e pede para o filho cuidar de Natália enquanto estiver fora. Rabito corre até a escola e começa a latir. Mário decide ir em casa ver se está tudo bem. Ao chegar, ele encontra Natália sentindo dores fortes. Anoitece e o mal estar de Natália piora. Mário telefona para Dr º Miguel, mas Maria Joaquina está ouvindo música com fones de ouvido e não escuta. Mário tenta ajudar Natália como pode. Ele faz chá para a madrasta. As dores de Natália pioram, ela pede para Mário buscar ajuda. O garoto vai à casa da professora Helena. Ao ver Natália gemendo de dor, Helena se desespera. Mário vai ao hospital buscar Dr. Miguel. Natália é levada de ambulância para o hospital. Mário entrega flores para Natália, que o beija e pede perdão por ter sido injusta tantas vezes. Os dois se abraçam. Na escola, todos comentam que Mario salvou sua madrasta. Ao chegar à escola, o menino é aplaudido pela turma. Cirilo entrega a carta que recebeu de Maria Joaquina a Valéria e Alícia para elas mostrarem a todos os alunos da escola. Os alunos elogiam a atitude de Maria Joaquina, mas a patricinha fica furiosa. Jorge conta a Daniel e Davi que Maria Joaquina foi obrigada pelo pai a escrever a carta. Jorge afirma que vai contar a verdade a Cirilo. Natália está de cama, Mário faz a comida e ainda cuida de sua irmã Diana. Natália afirma que está arrependida de ter tratado Mário mal por tanto tempo. Jaime, Davi e Daniel ameaçam Jorge, caso ele fale a verdade a Cirilo. Jaime dá um empurrão em Jorge, que cai e diz ter batido a cabeça. Olívia os flagra brigando e os leva para a diretoria. Olívia pergunta qual o motivo da briga. Ela diz que Jaime só entrará na escola acompanhado do pai. Helena observa os alunos no pátio. Jaime afirma a Cirilo que ele é seu grande amigo. Maria Joaquina diz a Jorge que Jaime terá uma boa lição pelo que fez. Helena conversa com Rafael e Jaime na sala dos professores. Ela apoia pai e filho. Ricardo, pai de Valéria, recebe a notícia de que sua empresa vai entrar em falência. Valéria ouve tudo. A menina conversa com Davi, diz que seu pai vai perder o apartamento, sua família não vai ter onde morar. Valéria conta a Helena que ouviu a conversa às escondidas.

Capítulo 121 – Quinta 24/01
Os alunos entregam tecidos para Valéria confeccionar os vestidos de boneca para vender. A menina agradece aos amigos. Graça pergunta às meninas o que elas estavam armando na sala de música. As garotas desconversam e dão um abraço coletivo em Graça. Valéria se surpreende com a atitude de Maria Joaquina. A patricinha entrega à amiga vestidos de suas bonecas para não precisar trabalhar tanto. No pátio, Maria Joaquina passa por Cirilo e dá um sorriso. O garoto fica esfuziante. Davi e Valéria vão conversar com Valéria, que conta que recebeu ajuda de Maria Joaquina. Valéria afirma que Maria Joaquina não é ruim, mas arrogante. Jorge afirma a Maria Joaquina que estranha o fato dela ajudar Valéria. O mauricinho diz que “gentinha” não merece a ajuda deles. Alícia faz uma reflexão: Valéria conseguirá pagar a dívida dos pais com a venda dos vestidos? Jaime comenta com os amigos que eles terão que inventar alguma mentira caso os pais notem que eles cortaram as roupas. Ao conversar com Davi e Valéria, a dona da loja afirma que não tem tempo para brincadeiras. Valéria diz que o assunto é sério. Valéria mostra os vestidos à mulher, que afirma não trabalhar com vestidos avulsos e mal costurados. Valéria diz que foi ela mesma quem fez. Davi revela que Valéria precisa vendê-los para ajudar os pais a pagarem as dívidas. Ao sair da loja, Valéria conta aos colegas que a mulher comprou todos os vestidos. Ela tem R$150 para ajudar os pais. Ao chegar em casa, Ricardo pede para Valéria mostrar a prova que fez. Ela chama a atenção dela novamente, pois a garota tirou uma nota ruim. Davi revela a Helena e Renê que Valéria estava trabalhando duramente todas as madrugadas. Aflito para poder ajudar Valéria, Cirilo fantasia que é um cowboy e vai ao banco pedir um empréstimo. Margarida diz que gostou da apresentação de Cirilo. O menino pergunta se ela acha que Maria Joaquina também gostou. Margarida diz que a patricinha foi grossa com ele. Cirilo diz que não liga e que Maria Joaquina apenas disfarça. A mãe de Rafael, avó de Jaime e Jonas, visita a casa dos Palillo. Os meninos querem saber como era o pai na infância, mas o mecânico desconversa e não deixa sua mãe responder. A avó de Jaime o leva pra dormir. No quarto sozinhos, ela revela que Rafael tirava nota baixa e sempre aprontava na escola. Jaime fica encantado com as histórias de travessuras de seu pai. No outro dia, na escola, Valéria conta que a dívida foi paga e eles não vão mais perder o apartamento. Jaime conversa com Paulo, e inspirado pelas travessuras do pai, sugere que soltem aranhas pelo pátio para assustar as meninas. Paulo adora a ideia. A aula começa, Jaime pede pra ir ao banheiro e decide aprontar outra coisa inspirada em seu pai. Ele pega um ovo no quarto de Firmino e coloca na sala da diretora, na cadeira de Olívia. Graça vai limpar a sala de Olívia e acaba caindo na armadilha de Jaime. Ela senta na cadeira da diretora e fica toda suja de ovo. Olívia entra na sala e pergunta o que ela está fazendo em sua mesa. Graça fica paralisada e pede desculpa para a diretora, ela diz que não aguentou ir ai banheiro e que estava com dor de barriga. Ao ver a cadeira, a diretora percebe que se trata de um ovo e que é uma travessura para atingi-la. Olívia fica brava e diz ter certeza que foi alguém do terceiro ano. Ela vai à sala da professora Helena gritando e perguntando quem foi o responsável. Helena pergunta o que aconteceu. Olívia berra e diz que sofreu um atentado.

Capítulo 122 – Sexta 25/01
Toca o sinal, Jaime e Paulo contam o plano de soltar aranhas na sala de aula para Davi. O menino diz que isso só poderá ser feito se a maioria da Patrulha Salvadora aprovar a ideia. Firmino pergunta pra Jaime se foi ele que deixou a nota promissória em seu quarto. Jaime acaba revelando tudo para Firmino e leva uma bronca dele. O zelador promete guardar segredo. Na casa abandonada acontece a reunião sobre o plano das aranhas para assustar as meninas. O plano é aprovado e os meninos saem em busca das aranhas. Na casa dos Palillo, a avó de Jaime diz que vai à feira comprar batatas pra preparar nhoque. Eloisa fica incomodada com as criticas que a mãe de Rafael está fazendo sobre suas comidas. No dia seguinte, Jaime chega mais cedo na escola para deixar a caixa com aranhas na sala de aula. Cirilo interrompe a conversa de Maria Joaquina, Valéria e Margarida sobre moda para perguntar se elas têm medo de aranha. Elas distratam o garoto. Cirilo fica pensativo e Carmem e Laura perguntam o que está acontecendo. Ele diz que está pensando nas aranhas. Elas ficam espantadas e pedem que ele explique melhor. Cirilo pergunta o que elas fariam se aparecessem várias aranhas na frente delas. As meninas dizem que iriam gritar e sair correndo. Cirilo tenta fazer Helena desistir da ideia de ter aula de musica, pois as aranhas estão lá. Ele sugere aula de matemática. A sala discorda. Jaime vira a caixa sem ninguém perceber e várias aranhas se espalham pela sala. As meninas e Suzana gritam e entram em desespero. Os meninos dão risada. Olívia ouve os gritos e vai correndo ver o que está acontecendo. A diretora entra na sala e ao ver as aranhas desmaia. As meninas vão contar todo o ocorrido para Helena. A professora acha tudo muito estranho. Ela também estranha o que Suzana estava fazendo na sala de música. A megera diz que estava apenas dando um suporte a Renê. Jorge acha a caixa onde estavam as aranhas e desvenda que alguém as levou até a sala. Jorge insinua para Maria Joaquina que foi Cirilo quem soltou as aranhas. Maria Joaquina diz que ele pode ter apenas tentado alertar as meninas. Jorge diz que foi ele e convida Maria Joaquina para ir contar essa versão para a diretora. Maria Joaquina fica brava e diz que não fará isso, pois pode acarretar na expulsão de Cirilo e ela não quer ser responsável por isso. Jorge pergunta se ela está com dó do pobrinho agora. Ela diz que não é isso, pois eles não têm certeza de que foi Cirilo. Jorge decide ir falar com Olívia sozinho. Davi espia tudo atrás da janela. Jorge entra na sala da diretora e interrompe Firmino e Renê, que estão ajudando Olívia a se recuperar do susto. Ele diz que foi Cirilo quem soltou as aranhas e mostra a caixa. Firmino levanta a voz e diz que Cirilo seria incapaz de tal atitude. Olívia pede calma para o zelador e deixa Jorge se explicar. Helena afirma que Jaime passou dos limites. Jaime revela que Cirilo foi contra o plano de soltar as aranhas na sala de música. Maria Joaquina comenta com Jorge que Cirilo foi suspenso indevidamente. Helena afirma a Rafael e Jaime que eles terão que falar com Olívia. Os dois vão à diretoria, Olívia lê todo o seu manual de disciplina. Pai e filho até dormem. Jaime diz a Olívia que o seu pai o inspirou a cometer a travessura. A diretora decide castigar Jaime, ele terá que ficar 10 dias sem recreio. Acompanhado de Rafael, Jaime vai à casa de Cirilo e conta toda a verdade aos pais dele.  Para anunciar o jogo de futebol do time da Escola Mundial contra o Sub-11 do Santos, Yudi e Priscilla cantam a música Carro-céu. Valéria faz uma reunião com as meninas em sua casa, porque planeja uma vingança contra os meninos que soltaram aranhas na escola.

Resumo dos capítulos

Carrossel – Resumo dos capítulos de 14 a 18/012019

carrossel img-492118-professora-helena-rosanne-mulholland-e-rene-gustavo-wabner-t20130313111363183923No capítulo da sexta 18/01,  depois de discutirem, Helena e Renê se beijam na chuva

Capítulo 113 – Segunda 14/01
Melissa conta a Valéria que recebeu flores de Jaime, mas ele saiu correndo. Miguel pergunta a Jaime porque ele decidiu emagrecer de repente. Melissa aconselha Laura a fazer dieta para arrumar um namorado. Paulo e Mário fazem de Marcelina e Cirilo modelos para um “ensaio fashion”. Renê chega com o treinador Pedro Villas à escola e o apresenta a Olívia e Helena. Graça e Valéria estranham o comportamento de Jaime, ele está impecavelmente vestido. Paulo e Mário entregam a Cirilo as fotos que ele tirou com Marcelina. Mais tarde, na sala de aula, Helena apresenta um grande ex- jogador que irá treinar as crianças para o campeonato interescolar de futebol, se trata do Pedro Villas (Fábio Villa Verde), conhecido como ´Furacão´. Jaime chama seu pai para conversar. O menino pede adiantamento do dinheiro que sempre recebe em seu aniversário. Durante o intervalo, Cirilo entra silenciosamente na sala de aula, vê que Jaime não saiu para o pátio e que desenhou um coração em seu caderno com os dizeres ´Melissa e Jaime´. Rafael conversa na sala dos professores com Helena. Jaime acaba revelando tudo para Helena após uma conversa. Mais tarde, a professora conta para Rafael que Jaime está apaixonado. As meninas descobrem que Paulo fez uma página falsa na revista e decidem fazer uma sessão de fotos para mostrar para ele como é que se fazem fotos de um desfile. Para isso elas usam roupas e maquiagem da prima de Valéria, Melissa. Rafael conta para Eloisa que Jaime está apaixonado por uma menina mais velha, de 14 anos. Mais uma vez, Helena chama Mário e Paulo para conversar e chama a atenção deles por convencerem Jaime a presentear uma menina com uma galinha. Helena diz que os meninos devem desfazer a brincadeira maldosa ou serão punidos. Mais tarde, Mário e Paulo vão até a casa de Jaime e insistem na história da galinha. Os dois sugerem que Jaime pegue uma das galinhas da casa de Cirilo ao anoitecer e que deixe uma promissória prometendo pagamento. Enquanto isso, Melissa aceita namorar Ricardinho. Jaime está preocupado em magoar Cirilo e também cometer um roubo, mas Mário e Paulo garantem que é tudo correto. Melissa e Ricardinho estão juntos na porta do apartamento de Valéria e uma mulher passa de bicicleta. Ricardo não resiste e olha para a garota deixando Melissa irritada. Os dois sobem para o apartamento. Melissa devolve as flores do rapaz e diz que pode ir atrás dela. O rapaz diz que olhou para ela, pois não gostou da roupa que ela estava usando. Melissa acredita e perdoa o rapaz. Assim que Ricardinho sai do apartamento, ele vai direto puxar assunto com a garota da bicicleta. Os meninos saem escondido durante a noite e vão até a casa de Cirilo para pegar uma de suas galinhas preferidas.

Capítulo 114 – Terça 15/01
Os Rivera escutam o barulho no galinheiro e vão ver o que está acontecendo. Cirilo fica chateado que sua galinha foi roubada. Jaime entrega a galinha para Melissa, que sorri e pede para o garoto entrar. Mário e Paulo, que estavam espiando e torcendo para o amigo passar vergonha, ficam surpresos com a atitude da garota. A menina diz que foi o presente mais original que já ganhou e que adorou. No outro dia, Valéria conta para as meninas que Jaime deu uma galinha de presente para sua prima e que ela adorou. Cirilo conta para Maria Joaquina que sua galinha está desaparecida. A patricinha une as informações e conclui que só pode ter sido o Jaime. Maria Joaquina diz para Jaime que sabe que foi ele quem pegou a galinha e que se não devolver, ela terá que contar a verdade. Helena entra na sala e pede para Maria Joaquina sair. A professora chama a atenção do Jaime, diz que já descobriu tudo. Helena pede para Jaime pegar a galinha com Melissa para devolver para Cirilo. A professora ainda diz que a carta tem o símbolo da escola e que caiu na mão da diretora Olívia que, aliás, está muito desconfiada dele. Helena afirma a Jaime que ele tem que pegar a galinha que deu de presente a Melissa de volta e entregar ao dono. A professora afirma que o pai de Cirilo quer descobrir quem é o ladrão. Ricardinho, namorado de Melissa, vai até a casa de Jaime para tirar satisfações, mas não encontra o garoto, então, conversa com Rafael. Helena e Jaime vão até a casa de Valéria pegar a galinha Doroteia de volta. Pedro Villas treina os alunos da Escola Mundial para o campeonato de futebol. Suzana manipula Jorge, diz para ele se aproximar de Helena, assim descobrirá os erros que ela comete. Helena comenta com Jaime que soube que ele brigou com o namorado da prima de Valéria. Durante o treino, Paulo conta a Cirilo que Mário chutou sua bola para fora da escola, caiu na casa vizinha. Mário afirma a Renê que não poderá participar da aula de música. O garoto pula o muro da Escola Mundial e procura a bola de Cirilo no quintal de uma casa. Mário conhece Clementina, um menina, moradora da casa. Clementina conta a Mário que mora com suas duas tias avós. Mário comenta que as tias da menina parecem bruxas. As tias de Clementina chegam ao quintal, Mário se esconde rapidamente. Mário não consegue recuperar a bola. Olívia flagra Mário descendo as escadas do primeiro andar da Escola Mundial. Ela pergunta ao garoto o que ele estava fazendo, pois ninguém pode ir àquele andar.  Helena pergunta a Firmino sobre Clementina, a menina que mora na casa ao lado da escola. A professora diz que quer ver a menina na escola em breve. Ela pergunta às tias da garota se ela está frequentando a escola. As tias afirmam que ensinam tudo o que Clementina precisa saber. Indignada, Helena questiona sobre o tempo que Clementina não sai às ruas. Cirilo sobe no muro da casa de Clementina e a observa dançando balé. Cirilo conta a Daniel que tentou conversar com Clementina. Às escondidas, Valéria ouve os dois garotos.

Capítulo 115 – Quarta 16/01
Os garotos se reúnem para planejar algo para ajudar Clementina. Jaime afirma que a operação especial tem que acontecer quando as tias de Clementina estiverem na igreja. Valéria telefona para Davi e o pressiona a contar o que os meninos estavam tramando na hora do recreio, ela ameaça terminar o namoro. Davi revela que os meninos vão entrar na casa de Clementina quando as tias dela estiverem na igreja. Renê leva Helena a um baile de terceira idade onde ele toca às vezes. Os dois dançam e são aplaudidos. Daniel pula o muro da Escola Mundial e entrega flores a Clementina. A menina comenta que tem vontade de voltar para a escola. A cada dia Clementina recebe a visita de um garoto, que a distrai. Paulo faz números de mágica, Jorge faz experimentos científicos, Cirilo apresenta a galinha Doroteia a Clementina. Olívia flagra os garotos fora do horário de aula na escola. Valéria afirma aos meninos que quer se tornar sócia da Patrulha Salvadora. Ela ameaça contar à professora e à diretora que eles estão pulando o muro todas as tardes para brincar com Clementina. Os garotos aceitam as meninas como membros da Patrulha Salvadora. Tia Anita e Tia Ruth perguntam a Jaime por que todas às vezes que elas se aproximam do portão de casa, ele bate os pratos de bateria. Jaime inventa a desculpa de que está ensaiando para um festival, mas na verdade é um código. Helena comenta com Renê que as tias de Clementina são conservadoras ao extremo, não aceitam o novo. Cirilo conta a Clementina que as meninas também passarão a visitá-la. A menina fica feliz. Suzana manipula Jorge ao dizer que os colegas morrem de inveja dele por ele ser superior. Olívia flagra os garotos rastejando pelo pátio da escola. Os garotos falam que estão ali para fazer uma visita a Firmino. Olívia flagra Jaime batendo os pratos de bateria em frente à casa de Clementina. Jaime diz à diretora que está fazendo publicidade para o mercado, pois sua família precisa de dinheiro extra. Na sala de música, Suzana pergunta a Renê se ele e Helena estão namorando. Renê diz que não deve satisfações a Suzana. Helena pergunta a Jaime sobre o fato de ele fazer publicidade para o mercado, ela está preocupada com a situação financeira da família do garoto. Na sorveteria, Helena pesquisa na internet sobre cárcere privado. Helena pensa em denunciar as tias de Clementina. Ela fala a Renê que o caso de Clementina tem que ser denunciado à polícia. Renê pondera. Valéria, Carmen e Laura pulam o muro para brincar com Clementina. Ao tentar pular, Laura cai, mas não se machuca. Com sua queda, Laura derruba também a prateleira em que os alunos se apoiam para pular o muro. Mário e Daniel tentam arrumar a prateleira. As tias de Clementina chegam, os alunos pulam o muro rapidamente para a escola. Renê convida Helena para jantar. O professor faz uma surpresa a Helena, eles jantam ao ar livre, num parque. Helena pede para Renê tocar violão para ela. Daniel ajuda Clementina a escrever uma carta aos pais. Tia Ruth descobre um vaso quebrado e coloca a culpa em Clementina. Pedro Villas treina os alunos para o campeonato.

Capítulo 116 – Quinta 17/01
Valéria despista Firmino ao dizer que está com dor de barriga, Kokimoto faz o mesmo. Mário aconselha Clementina a escrever uma carta e deixar para as tias. Anita e Ruth chegam em casa e ficam perplexas ao ver a carta deixada por Clementina. Mário leva Clementina para a casa abandonada. Anita e Ruth decidem procurar professora Helena. Elas mostram a carta a Helena, que afirma que no lugar de Clementina também teria fugido. Anita e Ruth acusam Helena de ter ajudado na fuga de Clementina. Oscar, pai de Clementina, chega à casa das tias e recebe a notícia que a filha fugiu. Helena pergunta a Daniel se ele sabe sobre o paradeiro de Clementina. Oscar afirma às tias que elas podem ser presas por cárcere privado. Clementina diz a Mário, Koki e Valéria que tem medo de ficar na casa abandonada sozinha. Oscar comenta com Ruth e Anita que vai à delegacia. Mário pergunta a Clementina se faz tempo que ela não vê seus pais. Helena conta a Renê que Clementina desapareceu. Firmino revela a Helena que não sabe onde Clementina está, mas ajudou os garotos a pularem o muro para fazer companhia à menina. Oscar vai à delegacia e presta queixa contra o sumiço da filha. Na casa abandonada, Clementina reza para seus pais voltarem para perto dela. Olívia está extremamente nervosa, pois o delegado fará uma visita à escola. Rabito rouba comida de casa para levar a Clementina. Helena sente a falta de Mário na sala de aula e pergunta aos alunos. A professora conta à classe que Clementina está desaparecida. Olívia leva o delegado à sala de aula de Helena. O delegado mostra a foto de Clementina à turma e pergunta se alguém tem alguma informação sobre ela. Os alunos ficam tensos. Oscar brada às tias que assim que encontrar Clementina a levará embora para sempre. Jorge revela a Maria Joaquina que foi ao quintal de Clementina com os garotos. Maria Joaquina afirma ter certeza de que a Patrulha Salvadora está escondendo Clementina na casa abandonada. Maria Joaquina decide investigar a movimentação na casa abandonada e fotografa os colegas entrando. Na casa abandonada, os alunos cantam música para Clementina ficar alegre. Maria Joaquina telefona para Jorge e conta que viu os colegas entrando na casa, até fotografou. Na escola, Pedro Villas treina Alícia para o campeonato de futebol. Ele dá a notícia à menina que ela participará do time. Helena tem um admirador secreto, ele deixa um bilhete na mesa da professora. Durante brincadeira no pátio, Jaime acerta Graça com estilingue. Helena fica surpresa ao receber bilhete assinado por “Príncipe Misterioso”. Durante a aula, Helena pede para os alunos se levantarem, ela quer perguntar quem dos alunos é autor do bilhete, mas desiste. Helena está intrigada com os bilhetes anônimos que tem recebido. Clementina revela aos novos amigos que está triste e feliz ao mesmo tempo. Davi conta a Valéria que outra mulher entrou em sua vida. Ela diz ao menino que vai namorar o primeiro garoto que ver pela frente.

Capítulo 11 – Sexta 18/01
Helena fica incomodada com o terceiro bilhete e chama a atenção dos meninos para descobrir quem é o “Príncipe Misterioso”. Mais tarde, Helena entra empolgada na sala dos professores, entrega um bilhete para Renê e sai correndo. Jorge ordena que Mário e Paulo batam em Jaime, mas os dois abandonam Jorge e se colocam do lado de Jaime. Mais tarde, em sua casa, Helena fica surpresa com a confissão de Davi, que revela ser o “Príncipe Misterioso”. O menino diz que rompeu com Valéria porque está encantado pela professora. Valéria não perdoa e pega o primeiro menino que vê pela frente para dizer que é seu namorado. Renê fica chateado no jantar com a recusa de Helena, que justifica não saber se está preparada para um relacionamento. Ele diz que ela poderia ter sido clara desde o começo que não queria nada com ele. Chateado, ele sai do restaurante caminhando debaixo da chuva. Helena não pensa duas vezes, pega seu guarda-chuva e sai atrás do amado. Os dois estão juntos, no meio da rua, na chuva. Helena diz que não quis dizer que não quer nada com ele, mas, sim, que ela tem medo. Renê diz que ele tem convicção de seu amor e que ela tem medo de assumir até aquilo que sente. Ele tenta sair, ela segura ele pelo braço e diz: “não, você vai se molhar”. Os dois permanecem debaixo do guarda-chuva da professora. Finalmente, Renê a beija. Helena se entrega e solta o guarda-chuva. Enquanto isso, as tias da Clementina estão na delegacia. Elas acham que invadiram sua casa e que o pai da menina também desapareceu. Firmino vai até a casa de Helena contar tudo sobre Clementina e diz que ele está encrencado, pois diferente das crianças que são consideradas travessas, ele é adulto e o fato de ter colaborado com a Patrulha Salvadora pode ser compreendido de outra maneira. No outro dia, Suzana escuta Firmino e Renê conversando e descobre que Helena está namorando o professor de música. Jorge diz para Maria Joaquina que quer dedurar Firmino. Maria Joaquina repudia a ação do menino e diz que não irá colaborar com ele. Suzana vê a situação e influencia o menino a seguir em frente e entregar Firmino para a diretora Olívia. Jorge conta tudo para a diretora. Olívia acha inadmissível o que Firmino fez e que ele não poderia ter sido cúmplice das crianças. A diretora avisa que irá procurar um substituto para ele. Firmino fica triste e decepcionado com a demissão. Olívia diz que fará o possível para indicar uma nova escola para ele, mas que o zelador cometeu uma falha e precisa assumir as consequências. Firmino descobre que foi um aluno que o delatou, mas não sabe quem. Ele entrega as chaves do sinal e pede para que ela toque o sinal em seu lugar quando der a hora. Maria Joaquina escuta tudo e também chora. Helena vai ao quarto de Firmino e diz que nenhum aluno o delataria. Firmino diz que tem um suspeito, Jorge. Maria Joaquina descobre que Jorge delatou Firmino. Helena pergunta a Olívia se ela vai pedir a transferência de Firmino para outra escola. A diretora afirma que vai aplicar o castigo no porteiro insignificante que é Firmino. Helena tenta controlar a situação, mas Olívia pede para Helena se retirar de sua sala. Helena comenta com Renê que está preocupada com Firmino. Maria Joaquina pede para Jorge sair de sua casa, pois ele delatou Firmino. Jorge vai à casa abandonada e os garotos o rejeitam. Daniel, Cirilo e Koki vão à casa de Firmino e afirmam que vão organizar um protesto.